Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

BG Katarina Martian

Katarina Ametza Martian nasceu e cresceu em uma cidade pequena na qual sua família governava todos os negócios e ditava a lei.
Apesar do imenso poder dos membros de sua família, sua mãe nunca concordou com as arbitrariedades de seu avô e resolveu criar seus três filhos longe dos luxos e facilidades que poderiam corromper o caráter dos seus pequenos, porém foi impedida de deixar a cidade.
Mas isso teve fim com a morte de seu avô, quando sua mãe Rachel fez as malas com poucos pertences dos 3 e saiu da cidade antes que seus irmãos a impedissem.
Desde então os 3 rodaram por diversos estados, ilhas e cidades até que Danillo, um de seus filhos, resolveu seguir seus próprios caminhos e as duas, mãe e filha, e seu outro filho Bruno, seguiram para uma cidade na qual ouviram dizer que era distante o suficiente para nunca serem achadas e segura o suficiente para poderem ficar para sempre.

Katarina ao contrário do que sua mãe pensava, sempre soube dos motivos que os fizeram sair de sua cidade natal com os 2 filhos a tiracolo, porém sempre evitou falar sobre o assunto e aprendeu a admirar e respeitar a guerreira que lhe criou.

Porém nem todas as fugas e mudanças apagaram o medo dos olhos daquela mulher, o que fez com que Katarina crescesse ansiando por mudar os absurdos, crimes e injustiças do mundo, principalmente daqueles que acreditam que com dinheiro podem fazer de tudo e passar por cima de quem fosse.
Estudou direito, se formou, tirou sua carteira profissional, porém algo faltava.

Foi quando chegou a Nova York e após observar a união dos Bloods que decidiu abraçar a causa e fazer justiça pelas próprias mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário