Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 4 de setembro de 2010

COMO FAZER A HISTÓRIA DO SEU PERSONAGEM












Sempre tive contato com muitos tipos de jogadores de RPG, mas sempre reparei que alguns têm dificuldades na criação de seus personagens. Já deparei-me com histórias de vida bizarras, escritas em duas linhas ou sem a menor coerência. Os jogadores tendem a não saber explicar o porquê das habilidades de seus personagens, o porquê de sua missão ou mesmo o porquê dele ter se tornado um vampiro. A melhor maneira de evitar esse tipo de coisa é pesquisando outros personagens, seja em filmes, quadrinhos ou na minha fonte preferida, a literatura.


Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.
Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.
Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.
Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.
Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.
Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas.

Acho que ja entenderam né ? Então bora lá ...


DICAS DE COMO FAZER UMA HISTORIA PARA O PERSONAGEM É RESPONDER AS PERGUNTAS QUE ESTAO NO QUESTIONARIO , MAIS RESPONDA SÓ OQ ESTIVER AO ALCANCE DE SEU PERSSONAGEM.DESSAS RESPOSTAS VC MONTA SEU BG DE MANEIRA FACIL , É DEMORADO MAIS É IMPORTANTE POIS SERA HA HISTORIA DE SEU PERSONAGEM ,NAO PRECISA FAZER UM METRO DE TESTO , APENAS JUNTE AS RESPOSTA COLOCANDO COMO CRÔNICA E USANDO SUA IMAGINAÇAO !!!!!!!

• - Qual o nome do personagem? Ele significa algo? Seria interessante desenvolver uma origem para o nome também, seja nome de um parente antigo, homenagem a algum personagem histórico e etc.
• - Quando e onde ele nasceu e cresceu? é interessante descrever bem o local.
• - Ele conheceu seus pais? Como foi sua infância? A infância e seus traumas rendem um ótimo RP, mas não se deve exagerar.
• - Os pais deles ainda estão vivos?
• - Se sim, como e onde eles vivem? Nem todo o personagem é orfão.
• - Ele tem irmãos ou irmãs? Sabe onde eles estão e o que estão fazendo?
• - Ele teve amigos em sua juventude? Descreva-os.
• - Ele é casado, noivo ou perdeu alguém que amou? Como isso aconteceu?
• - Ele tem filhos? Se tem, como eles são? Diga também se os filhos estão com ele ou estão distantes.

"Após a infância pense em como ele se embrenhou na vida de vampiro e porquê."


• - Como foi sua adolencência? Conte bem detalhado.
• - Como esta sendo adulto? Descreve detalhadamente!

" Tenha calma, digita com calma, respira... Seu personagem já ta começando a ficar bom".

• - Como ele aprendeu o que ele faz hoje e a ser o que ele é? Um histórico de como adquiriu sua atual classe de vampiro.
• - O que o personagem faz atualmente para viver? e Por quê?
• - Qual o aspecto da aparência de seu personagem que é mais distintiva ou facilmente notada?

" Tenta dar uma enfeitada nas repostas, deixar já pré-montadas para ajuntar tudo".

• - Quais são seus objetivos iniciais?
• - Por que ele tenta fazer isso?
• - O que ele vai fazer se conseguir?
• - E se falhar?

"Mesmo um personagem novo pode ter grandes histórias para contar. Ele pode ter lutado contra humanos que se ergueram contra sua raça, e por isso odeia humanos."

• - O que ele considera o maior obstáculo em seu sucesso?
• - O que ele faz para sobrepujar esses obstáculos?
• - Se ele pudesse mudar alguma coisa no mundo o que seria?
• - Se ele pudesse mudar alguma coisa em si mesmo o que seria?
• - Quais são os medos e receios do personagem?

" Nossa incrivel, se chegou até aqui é porque ta indo super bem. Olha não precisa responder todas as perguntas".

• - Como convive na sua cidade atual?

"A idéia é ir juntando tudo, interligando os fatos, tornado a história mais dinâmica, mais verossímil. Todas as coisas (Talvez não todas...) acontecem por algum motivo, por isso dê motivações aos personagens."

• - Qual a atitude do personagem em relação ao mundo?
• - Qual a atitude dele em relação às outras pessoas?
• - Ele tem atitudes diferenciadas para certos grupos de pessoas?

" Como ta indo? Olha pode completa com idéias propias as perguntas".

• - Como ele passa suas horas vagas? Quando está vivendo como alguém comum. Ele consegue ser comum?
• - O que ele gosta de vestir?
• - O que ele mais gosta no que faz?
• - O que ele gosta de comer?
• - Tem algum passatempo?

" Ajunta tudo, crie uma cronica com as resposta já vai pensando em ajuntar tudo... tenha calma que vai dar certo. Continue respondendo para depois ajuntar".

• - Tem algum animal de estimação?
• - Que tipo de companhia ele prefere?
• - Ele tem algum sonho?
• - Ele tem alguma obsessão?
• - Fez algum voto ou juramento que não pode quebrar?
• - Existe alguma coisa que deixou para trás em sua vida?

" Imagina seu personagem em sua mente... Isso deixa ele em sua mente... Memorize ele".

• - E seu presente! Como anda seu presente? Explique detalhadamente.
• - O que ele pensa a respeito de seu passado? Gosta ou não de falar dele?

" Olha o fim chegando ai... Bora lá agora arrebenta e se concentra, responda bem as perguntas".

• - Para qual Deus ele ora? É aconselhável pesquisar o Deus que mais se adequa a seu personagem.
• - Por que ele ora para esse Deus?
• - Ele prefere viver em cidades ou em lugares selvagens?

" A ultima pergunta".

• - Como ele chegou na cidade (ou Reino, o local da aventura) , ou se ele ja era morador da cidade. Descreva isso.



TERMINE COM UM FINAL LEGAL O BG!
AJUNTA AS RESPOSTA E MONTA UMA CRONICA!!!


Entendeu? Essa é a “fórmula”. Seu personagem depende de seu passado, por isso é necessário que você o crie. Fazendo-o você o interpretará melhor e, consequentemente, se divertirá mais, tornando-se um jogador melhor. Viu como tudo está interligado?

No geral, é isso. Como sempre, vale mais para os iniciantes do que para os veteranos mas, pensando bem, o que é que os veteranos não sabem? É isso!




ATENÇÃO: Lembrem-se, não é necessário usar todas as perguntas, responda as que mais são adequadas a seu personagem e faça o BG através dela. Essas perguntas são apenas um guia para o texto em si.
Recomendação: não façam o BG pensando no personagem que você fez, faça o personagem pensando no BG.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A EXORCISTA DO DIABO

((ESSA CRONICA EU TIREI DE UM FILME, EU ADORO TIRAR MINHAS IMAGINAÇOES DE FILMES QUE EU ADORO E TALZ.= John Constantine (Keanu Reeves) é um experiente ocultista e exorcista, que literalmente chegou ao inferno. Juntamente com Angela Dodson (Rachel Weisz), uma policial cética, ele investiga o misterioso assassinato da irmã gêmea dela, Isabel. As investigações levam a dupla a um mundo sombrio, em que precisam lidar com demônios e anjos malvados)).




Nasce num bairro nobre da cidade um menina, Veronica que no futuro seria uma linda mulher era assim os pensamentos de seus pais que estavam super felizes. A menina era bem tratada como uma Deusa a felicidade na família era algo mistico e lindo de se ver ao passar dos anos a mãe de Veronica gravida novamente e da uma irmã com o nome de Mônica. A infancia das duas meninas era normal e repleto de diversão. Na escola a menina era exelente as melhores notas
o tempo se passa 15 anos cursos , festas , 20 faculdade.

A jovem do Rio não era exatamente um exemplo de uma boa menina. Meteu-se com drogas e arruaças, mas o que realmente mudou a sua vida foi o flerte com a magia negra. E tudo começou no centro da cidade, quando ela e seus amigos tentaram usar de magia negra para enfrentar um demônio que possuía uma garotinha chamada Fernanda. Ela consegue acabar com o demônio, mas invoca outro pior, chamado Nergal, que leva a garotinha para o inferno, era um demônio muito poderoso. Veronica tenta salvar a menina das garras do demônio, mas escapa do inferno apenas com um dos braços dela. Ela acaba internada como louca, e sua irmã e seus amigos são amaldiçoados pelo demônio, e cada uma acaba caindo em desgraça ao longo de suas vidas , todos mortos e no inferno.

Mas a arrogante Veronica não deixaria barato e começa a se vingar e lutar contra os demônios e assim derrotando todos que estava em sua frente e sua fama estava elevada. Ao longo de suas aventuras no mundo do ocultismo, acaba reencontrando o demônio Nergal e se vingando dele. Mas, como em todas as suas histórias, suas vitórias ela sempre sai com um gosto amargo e por que aqueles que ela usa para atingir seus objetivos morrem de forma pouco agradável,o que deixa ela cínica e com um gênero de dar medo, pois perde muito de seus amigos desta forma.

Após ter derrotado Nergal Veronica admiradora de cigarros e de bebidas enfrenta um de seus piores inimigos: um câncer no pulmão. Ela recorre a amigos e aliados do passado para tentar uma solução mística para o problema, mas tudo que consegue é atrair a fúria de um demônio tipo que um líder um senhor dos Infernos, o Bicho Ruim…Sim, o diabo em pessoa. E ela conseguiu esta proeza para livrar seu amigo (humano), o cu-de-cana Renato de um pacto com o demônio, e faz o poderoso infernal tomar água benta (com fé verdadeira aonde conseguiu de um padre) na forma de cerveja e acaba escapando de uma forma malandra e brilhante, deixando os demônios putos da vida.

Veronica é capaz de enxergar aquilo que a maioria não vê. E sabe que, ajudando outras pessoas, pode alcançar sua salvação. Mas mesmo assim não consegue, porque não tem fé em Deus. Assim surge mais um demônio e Veronica a exorcista das trevas pode observa que esse demônio era indestrutível, e que estava atraz de um casal de jovens que tinha vendido a alma para ele , esse demônio tinha a missão de caçar Veronica. Veronica tinha dois objetivos se salvar e salvar o casal de jovens, e apois passar alguns dias num apartamento ali no centro, o demônio entra na casa e mata Veronica e o casal que ela defendia, o demônio oferece a ela um desejo apenas um desejo, ela poderia escolher o que quizer e ela escolhe em dar a vida de volta para o casal de jovens e o demônio acha justo pois ela era o maior objetivo do inferno e da a alma dos jovens de volta a eles e ja levando ela para o inferno junto com ele muitos anjos aparecem e o poder de Deus é mostrado a todos, os anjos paralisam o demônio e Deus puxa a alma de Veronica para o Eden (céu). E é assim, imitando a atitude de Cristo, que Veronica mostra que é necessário mais que sabedoria para alcançar a redenção. É necessário fé e auto-sacrifício mais o demônios era tão forte que ele devolve a vida dela, o demônio tira ela do Eden e trás ela pra terra e ainda por cima tira o câncer dela e grita "- Você terá muita vida pela frente e os demônios ainda vão te pegar".




AUTOR: Eduardo Teixeira

SALVANDO ELA DO DEMÔNIO

((Esse conto eu tirei idéia de um filme: Jericho Cane (Arnold Schwarzenegger) um amargurado guarda-costas, que perdeu a mulher e a filha através de um ataque terrorista. Nos últimos dias de 1999, um de seus clientes, um banqueiro (Gabriel Byrne), sofre uma emboscada. Na investigação que se segue ele descobre a macabra trama de uma seita que espera pela chegada de Satã e deve proteger uma garota (Robin Tunney) que foi escolhida para dar luz ao Filho das Trevas.))




Salvando ela do demônio

Nasce na Cidade de Ouro um menino que ao crescer passo uma infância maravilhosa, repleta de alegria e virtudes que fazem Edgar Daxter um adolescente de orgulho. A sua adolescência estudou num colégio militar e aos dezoito anos virou soldado onde ficou até os vinte e quatro, quando saiu do exercito já tava com uma vaga na policia garantido. Os tempos passam tava difícil o trabalho do novo investigador da policia, ele se dedicava muito ao trabalho e pouco a família e o estresse é incontrolável Edgar Daxter perde seus pais que faleceram por velhice por morar muito longe não tinha convívio e passou um mês muito difícil mais nada que o trabalho não faça esquecer.

O tempo passa e como um experiente policial, era um cara alto e muito forte muito forte mesmo era fácil tirar as pistas de investigação dos suspeito o homem dava medo. A cidade estava sem controle e Edgar Daxter foi atacado por alguns vampiros aonde ele consegue escapar e derrotar eles , outro dia ele viu um dragão voando e em uma investigação ele ia ser mordido por vampiros e um homem lobo conhecido por lobisomem pelos humanos defende ele e o mundo se torna uma loucura e ele bebi bebi bebi para esquecer tudo.

O prédio aonde ele morava foi invadido e os mesmo vampiros tentaram achar ele , como não acharam mataram sua esposa e sua filha num ataque terrorista sem dó sem piedade. Tava muito difícil tentou se suicidar , virou alcoólatra e um alcoólatra dos piores , perdeu o emprego e virou guarda-costas de uma empresa com liberação do governo para agir com armas de altos calibres e com poder de investigação em cima dos seus clientes " é realmente uma empresa de futuro ".

Na investigação que se segue ele descobre a macabra trama de uma seita dos infernais e tem que proteger uma garota para que os demônios não consigam realizar. A garota é amaldiçoada desde que nasceu para dar a luz ao filho de Satã , a batalha é dura ele encara muitos demônios era perseguido tinha que se livrar dele até a 00:00 do dia seguinte. Ele conseguiu salvar a moça mais faltando vinte minutos é encontrado em uma igreja e o própio senhor dos infernos veio pessoalmente para finalizar o ritual, Edgar Daxter acerta tiros e o Satã se transforma em sua forma demoníaca e entra no corpo de Edgar para pegar a moça e termina o ritual, Edgar se aguenta e consegue ter forças para se controlar e o tempo passa e o relógio bate era 00:00 e ele tinha salvado a moça e ainda por cima da um tiro em sua cabeça para afastar o demônio. Edgar consegue salvar a moça mais pra isso doa a própia vida.







AUTOR: Eduardo Teixeira










Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira

Star Wars + Humor + RPG

AHHHHH!!! Já que to postando minhas aventuras e personagens de RPG Star Wars. Proponho um pouco de humor.















kkkkkkkkkk
Showwwwwwwwwww

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O mestre Nai-Q



O Jedi conhece a força , a habilidade do sabre de luz. Diante do oponente despreparado, ele o olha no fundo dos olhos. E vence sem precisar trazer a luta para o plano físico. À medida que o jedi aprende com seu mestre a força também brilha em seus olhos, e ele não precisa provar nada para ninguém. Não importa os argumentos agressivos do adversário – dizendo coisas ruins na tentativa de trazer um pouco do lado sombrio para o coração Jedi, mas o Jedi não se deixa iludir por palavras....

O jedi conhece sua imensa força!!!


Mestre Nai-Q... Habilidoso, bondoso e um grande mestre Jedi, que seu nome ecoa por toda galáxi. Ele é um mestre, sua tradição é sentinela. Esse Jedi desentoca falsidade e injustiça, levando-os a luz. Ele procura um ponto de equilíbrio entre as disciplinas físicas e mentais da Ordem Jedi. Mas pra deixar claro esse mestre é muito mais que isso... acredite em mim, eu aprendi e aprendo muito com ele a cada dia a cada minuto...

"Sou grato a você mestre Nai-Q".
Padawan Vibe Timeless





QUANDO O GRANDE MESTER Nai-Q AINDA ERA UM PADAWAN, A PERGUNTA CHAVE ERA:


O que isso significa para você ser um cavaleiro jedi?


Nai-Q Jinx reponde (palavras do personagem em pleno jogo):
Ser um cavaleiro Jedi significa servir a força.
Servindo a Força trabalha para defender a paz para preservar a harmonia na vida.
É viver no lado claro da Força, que respeite a vida de cada ser vivo, em contraste com o lado negro que quer dominar sobre os seres humanos.

Para mim, para se tornar um cavaleiro Jedi é uma escolha.
Eu vivia na pobreza, como eu ainda viver, amar as coisas simples que me deu a vida. Eu nunca soube sobre a Força receber instruções ou ajuda aposentada a minha solidão eo discernimento da força. Eu não conseguia entender que tipo de vida eu fui chamado e eu também era levado em custódia por um Lord Sith que foi treinado em combate e novo estilo de vida que não encontramos ninguém e aproveitou as fragilidades da vida.
Eu vi o lado negro da força que se manifesta como raiva e sede de vingança pela dor sentida.
Durante este período da minha vida eu senti a nostalgia da minha infância, época que eu ouvia e meditava a vontade da Força em minha solidão. Eu percebi que não foi tocado pelo lado negro da Força e que eu poderia fugir deste mundo cruel, sem paz.
Eu fugi e o Lorde Sith, que compreendeu o meu desejo de negar o lado escuro, ela me deixe ir por considerar um fraco, um pouco de bom, tão miserável como nem sequer digno de ser morto por ela.
Viajei muitos lugares, sem saber para onde ir, sem saber onde eu encontrei pessoas que eu tinha sido capaz de me ajudar a viver o lado luminoso da Força, mas um dia alguém me viu e quis tomar conta de mim, cuidar de Força que viu em mim, com respeito e ter na cidade onde eu encontrei a Ordem Jedi. Essa pessoa era um Jedi.
Me levou para a Ordem Jedi da Light.
Para mim, foi como voltar para casa e foi emocionante perceber que este nome foi para o que eu estava procurando jedi.
Hoje eu sou um padawan de ordem a força. JOL(uma ordem jedi) foi fechada, mas eu não estava desanimado, na verdade, me fez perceber que eu queria me tornar um verdadeiro Jedi, que vive na luz, e eu quero mais do que nunca para servir a Força, porque todos os seres vivos possam viver em paz e harmonia, justiça e paz.
Para mim, para se tornar um cavaleiro Jedi é isso, ouvir a Força e servir como a luz pode apagar toda a escuridão.
E isso vai atingir uma meta com toda minha força, humildade e obediência ao meu mestre para aprender o que eu ainda não sei bem. E quando eu atingir a meta vai começar uma nova vida.

Palavras de mestre Nai-Q.













RPG É ASSIM QUE É...

O pacto







Já faz muitos e muitos milênios, que criaturas demoníacas andam pelos mortais sem seres percebidos. Nas redondezas da cidade de Lendas Urbanas continuava uma historia sem fim entre um humano e um infernal. A senhora lua se mostra junto as estrelas...


Narrador:
- Pessoalmente te digo que acredito numa crença que cada estrela é uma pessoa que se foi entre os meros humanos , historia que meus avos contaram aos meus pais , e que meus pais me contaram , talvez seus também .


A noite em Lendas Urbanas , nada de bom pode se esperar desse lugar e não pensa duas vezes em correr se ver algo de errado.Muitos humanos descobriram que os seres sobrenaturais poderiam te dar algo que eles jamais poderiam ter , descobriram também que poderiam ter mais força , dinheiro , prazer , vinganças e outros beneficio mais não se esqueça que nada na vida ou na morte , nada mesmo , mais nada , nada é de graça. Os famosos pacto eram perigosos e conforme o tempo vai passando o pacto tem que ser renovado. Para manter os pactos sempre acordado tudo isso exigia sabedoria de ambas as parte de um lado um ser infernal e do outro um humano da The Six o pacto não exigia sacrifícios, e tudo ocorria bem muitoooooo bem mesmo entre os dois desta forma, o pacto estava agradando .


Eiiiisss o homem , o homem da historia Vazquez Veliz um policial dedicado ao seu trabalho um homem que nunca aceitou um suborno se quer , tem varias profissões como a medico também , e pode ter certeza se existiram mortais que já viram de tudo esse homem é um deles. Vazquez estava cansado e desiludido com seu trabalho, corre em direção a igreja para saber bem o que ocorrera com sua Lady Orquidea, já que estava tão nervosa ao telefone. Nervoso por não solucionar nenhum dos mistérios daquela sombria e impetuosa cidade, entra na igreja e com olhar fechado e com muita raiva senta ao lado de Orquidea e se cala. Apenas olhando.


Orquidea Metaller ela é a Lady infernal papel principal da nossa historia.
Orquidea estava sentada no banco, de cabeça baixa e olhos cerrados, ela sente o cheiro de Vazquez no ambiente e logo após sua presença senta ao seu lado. Ela conta a ele nos mínimos detalhes que descubriram sua verdadeira face, a face que estava por detras da quele rostinho lindo e meigo , descobriram que ela era um demônio e ainda explicando para Vazquez ela deixa claro que tinha uma duvida que quem descobriu poderiam ser vampiros camarilas da cidade. E por fim ela se declara a ele e diz :
- Preciso de você, do seu corpo, quero esquecer o que aconteceu ontem, embora seja melhor me preparar para o pior!


Vazquez Veliz ouvindo as declarações de sua Lady, se assusta e intrigado a acolhe em seus braços. Confuso e querendo desvendar algumas almas daquela cidade fétida, põe-se a frente ajoelhando no colo da sua Lady Orquidea e dizendo:
- Quero saber quem são você não irá desprotegida, irei com você.


Orquidea sorri levemente, riso forçado, cabeça cheia de preocupações.
Segura o rosto de seu Mascote, delicadamente e diz:
- Não se preocupe comigo meu querido! Você já descobriu algo com seu coléga de trabalho?


Vazquez diz:
- Não descobri nada ainda, até porque ele Sumiu da cidade. Ninguém sabe de seu paradeiro, acredito que algo ruim aconteceu com ele e não quero ser o próximo, quero saber o que esta acontecendo nesta cidade, quero trepar com você logo, mas não quero morrer ou ser atacado, ou estar andando desprotegido.


Ela beijava suavemente seus lábios e ele sente os lábios serem tocados por Orquidea e em um súbito momento , ele explica tudo a ela que não descobriu nada e que seu amigo que era delegado tinha sumido da cidade.Segue encarando os olhos de Orquidea, tentando enxergar aquela alma. Se irritando profundamente por estar imaginando que esta sendo feito de idiota, mas ao mesmo tempo não consegue ter ódio daquele lindo corpo que o seduz, vira-se insatisfeito, retira um maço de cigarros acende e olha nos olhos de Orquidea, sem piscar, a encarando apaixonadamente e Puto da vida.


Derrepente sai do nodo negro criado no chão DoubleCherry ela tosse para chamar atenção espera sua visão se tornar mais nítida, enquanto sente a presença de mais alguns próximos à ela.


A Orquidea empurra Vazquez em direção ao chão da Igreja, senta-se em cima dele e diz, com um tom severo ao dar um tapa nele :
- Acha que é quem pra falar assim comigo? Mostre educação rapaz.Ta com medinho de morrer? Eu sou o que? Sou sua Lady porra, eu cuido de você, deixe que com essa coisas eu me preocupo. Faça seu papel, me foda e lute por mim. Isso basta.


Acabando de despejar sua fúria sobre o humano, Orquidea deita seu sob seu corpo , o beijando e indo com suas mãos em direção a sua virilha, para se desfazer das roupas do rapaz. Vazquez fica encucado com a presença de uma estranha sua arma estava longe tinha caído da sua mão. Em um subito momento de raiva a empurra de costas ao solo e deita por cima da Orquidea sua Lady , e com força rasga sua saia e a calcinha mostrando que não é só ele que esta perdido, sabendo bem que a safada queria muito aquilo mesmo.


DoubleCherry que tinha acabado de chegar fica olhando os dois rolando ali no chão da igreja. Orquidea sente a presença de mais um Infernal ali dentro mais não se preocupa e se foca no mortal que lhe agarrava, ela abre os olhos por alguns instantes.


Orquidea diz:
- É isso que você quer? Então faça, vá em frente filho da puta! Seja grosso comigo, me maltrata, que depois te dou o troco!*Morde os lábios indicando excitação, relaxa um pouco seu corpo, e torna a fechar os olhos, deixando que o rapaz indique seus atos.


Vazquez começa a dizer em seu ouvido:
- Sua puta, ta pensando que só vc se aproveita, quem te come sou eu escutou sua vadia. Você é minha.


O humano segura Orquidea pelos cabelos exatamente na nuca e a faz lhe beijar, tirando com a outra mão suas calças e sunga, se despindo na parte inferior totalmente sem mais ligar para a mulher que chega a igreja pensando: “Esta safada quer olhar eu comer a minha lady? Que se dane.” . voltando com a mão que lhe retirara as calças, acaba de rasgar completamente a sua blusinha, tendo um comportamento agressivo de tesão, a lambendo os seios e passando sua barba para deixa-la em intenso prazer seguindo para seu pescoço e orelhas deixando-a com tesão para que a festa se completasse por inteiro.


DoubleCherry que estava espiando respirava fundo e sente o cheiro de sexo no ar, e pensa "Hmmmmm é assim que essa vadia queria dominar o Feudo então não é?? Acho que irei tirar umas férias por aquí então..."


" E asssim rolava um momento de prazer , uma transa entre um infernal e um humano. "


Narrador:
- O bicho tava pegando na quela igreja!!!! Se for pra contar os detalhes aqui , nosssaaaaaaa é de arrepia pois foi tenso era algo que o humano jamais sentiu em toda a sua vida e ele queria mais mais e mais ... Caraca eu me empolguei!!! Bom continua o conto sem perde a concentração...


Ainda bem escondida DoubleCherry resolve sair para mais próximo dos dois, apenas onde a iluminação das velas criava uma leve penumbra, se espreguiça, boceja e no final ao ficar frente aos dois bate palmas dizendo:
- Que papelão heim dona Succubus... Vejo que você anda baixando seu nível... Já foi melhor, decerto!! Tenho certeza de que nosso grande Lorde vai adorar saber que você tem se rebaixado à isso.


E o nosso herói, o que eu acabei de falar ???!!! Deixa eu corrigir não teve nada de heroísmo nisso. Bom Vazquez se levantava do banco e ai sim se depara com a mulher que observava todo o enlaço entre ele mesmo e Orquidea, colocando suas calças, cintos e blusas se aproxima da mulher e diz:
- Oi gostou do que viu? Qual seu nome?


DoubleCherry diz:
- Acho que ela poderia ter se saído muito melhor, e você também, inclusive. Chamo-me Cherry, e você?


Vazquez diz:
- Meu nome é Vazquez , adorei seu nome gostosa o prazer é meu, sou Médico da policia de Lendas Urbanas no que precisar só chamar que dou uma “forcinha” .


DoubleCherry diz:
- Obrigada bonitão, digo, Vazquez. Pode me chamar de Cherry sempre que quiser, aliás, quando quiser... Prometo ser sempre bem docinha como as cerejas costumam ser!


Orquidea levanta-se ao ouvir a voz histerica e irritante de DoubleCherry, fica quieta por alguns instantes apenas ouvindo o diálogo entre eles, irrita-se com o assanhamento de Vazquez e pega seu rosto apertando as bochechas e diz:
- Segunda vez que você me falta o respeito. Na cama você faz o que quiser, mas fora dela quem manda nessa porra sou eu. Estamos entendidos? Não quero galinhagem, gosto de ser exclusiva, você é meu e de mais ninguém e pior anida, se ousar se engraçar com essa dai você vai ficar broxa o resto da vida, mal conseguirá usar a lingua. Entendeu bem Vazquez Veliz?


Narrador:
- O pacto estava lançado mesmo vocês percebendo ou não mais tava e ele têm que ser renovado sempre e não pode ter falhas na quebra-de-pacto , bom acho que eles estão bem cientes nisso tudo ...


Vazquez entende a ira de Orquidea e abaixa a cabeça . Volta-se para a mesma e diz:
- Olha se você tem limites também tenho os meus, vou te respeitar mas foi a ultima vez que me desferiu um golpe, te quero, vou te respeitar mas não pague para ver.


Vazquez já ficando puto puxa Orquidea pelos cabelos e lhe da um beijo profundo e forte, deixando-a com a boca doendo, deixando perceber sua raiva e paixão. Mais puto ainda por não ter recebido as informações que foi buscar solta sua Lady, encosta-se em um canto acende outro cigarro e aguarda uma melhor hora para voltar sua atenção a Orquidea.


DoubleCherry olha para a situação e diz:
- Oh, pobre rapaz... Você tem sido uma má menina Orquidea... Vejo que não comanda bem nem seu Feudo, muito menos seus mascotezinhos... Deprimente essa cena, decerto nosso Lord ficará decepcionado ao saber de suas ações por aquí... Tenha ciência de que não é a última vez que me verás por aqui vadia, talvez eu goste de passar umas férias mais uma vez dividindo o mesmo puteiro que você... Porém ainda continuo me garantindo tanto aqui quanto em Hades... Alguém tem cigarro?


Orquidea dirige-se a Vazquez, ainda nua, e o abraça cochichando em seu ouvido:
- Meu bem, melhor você ir agora, depois nos encontramos para ir ao Teatro ver uma peça dramática, certo?! Preciso conversar com essazinha ai, ela é a mesma coisa que eu, somos quase gêmeas, a diferença é que sou influente na Terra e ela no Inferno, mas isso é outra história.


Orquidea abraça Vazquez com mais força e dirige-se ao porão da Igreja para se vestir, chamando consigo DoubleCherry.


Vazquez escuta a pergunta de Cherry e diz:
- Eu não fumo. Ironizando a pobre alma, soltando uma estridente gargalhada.


Vazquez fala para sua Lady:
- Bom nossa conversa ainda não terminou Mais tarde vou te caçar e conversar. Sou louco por você, mas hoje quero saber de tudo.


DoubleCherry direciona um olhar intrigante para Vazquez, ao dizer que não fuma, e rindo com o mesmo diz:
- Gracinha, se você não fuma, acha melhor você arrumar uma lanterna maior... Esse foguinho aí na sua mão não irá iluminar seus caminhos!! E eu estarei por aqui, agora que você já me falou onde trabalha, já sei onde te achar... E de qualquer forma... Ah, eu sempre acho mesmo!


DoubleCherry segue até Orquidea se pondo lado a lado e diz:
- Vamos vadia... Acho que temos muito à conversar mesmo...


Todos seguem seus caminhos, caminhos que levam a mistérios ocultos de Lendas Urbanas. Maldita Lendas Urbanas. Lendas Urbanas???!!!! Lendas Urbanas é uma cidade dominada por seres sobrenaturais, por conta disso a cidade sofreu com a violência e os crimes bizarros que aconteciam nela. A cidade é chamada de Lendas Urbanas por algum motivo que vem dessas criaturas.


Narrador:
Pronto???!!! Satisfeito???!!! Agora te proponho um desafio vem passear por essas terras se sobreviver 24 horas és o proximo herói de uma proxima historia
Risos:
- Buaahahahahaah





AUTOR: Eduardo Teixeira

terça-feira, 31 de agosto de 2010

A Jedi Twi'leks, Uma grande amiga...

Essa minha amiga e linda, maravilhosa, perfeita Twi'leks, simpática,extrovertida, inteligente... Lyin Quan.









Os Twi'leks usam seus tentáculos da cabeça, ou lekku, quando conversam em sua língua natal, o Twi'leki. Esta língua é uma combinação de comunicação lingüística e movimentos físicos dos lekku.

Twi'leks são onívoros, cultivando seus alimentos como carne de um animal chamado rycrits. Eles tem uma boa disposição no que se refere a paciência e adaptabilidade. Como os Twi'leks aprenderam a sobreviver às terríveis tempestades de seu planeta natal, a força nem sempre é um pré-requisito em confrontos, e sim sua capacidade de lidar e interagir com as situações. Como diz um provérbio Twi'lek, "Quando não se consegue vencer uma tempestade de calor, deve-se cavalgá-la.".

Os Twi'leks desenvolveram um nível industrial-tecnológico, com cata-ventos e turbinas para captar a energia eólica para transformá-la para suas indústrias e casas, cravadas nas montanhas Ryloth. Cada cidade é complexamente autônoma, e governada por um chefe de clã.

Não possuindo uma tecnologia que os permitissem a viajar pelo espaço, os Twi'leks começaram seus primeiros contatos na galáxia com planetas vizinhos, como Tatooine, piratas, contrabandistas e mercadores.

O planeta Ryloth provê a galáxia com o ryll, um poderoso aditivo. Twi'leks chamaram a atenção dos grandes criminosos ao começarem a vender sua própria gente como escravos. Desta forma, os Twi'leks tinham alguma coisa para poderem negociar com os chefes criminosos e ainda assim, manter o controle das minas de ryll. Infelizmente, muitos Twi'leks, a maioria fêmeas acabaram sendo sacrificadas em nome deste trade-off.

Durante a Guerra Civil, os Twi'leks permaneceram neutros, esperando não serem envolvidos no conflito. Eles viam a Aliança Rebelde e o Império como dois cabeças-quentes, que eventualmente se dissipariam. Só após o fim do conflito é que os oportunistas Twi'leks emergiram e prosperaram.

Planeta Natal: Ryloth
Altura média: 2.0m

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

BG / Background Jedi - Vibe Timeless





"Nós não somos um exército, somos guardiães..
Nós não somos santos, somos guerreiros...
Nós não marchamos, avançamos conscientes..
Nós não lutamos, nos sacrificamos...
Mesmo quando todas as chances forem reduzidas a nenhuma defenderemos, enquanto estivermos sobre nossos joelhos, com nossas cabeças erguidas, empunharemos nossos escudos juntos para a vida manter."



Nome: Vibe Timeless

Idade: 26

Raça: Humano

Classe: Jedi

Atributos Físicos: Magro, corpo definido devido anos de treinamento físico, olhos azuis com manchas de sangue, rosto com muitas cicatrizes.

Atributos Espirituais: Segui o código Jedi, acredita a sua vida na força.

Atributos Sociais: Educado, humilde, obediente, sereno, maduro e muito estrategista.

Habilidades: Com o sabre de luz e com a força.

Defeitos: Vingança escondida no coração (mas esquecida).

Qualidades: Lutar, estratégia, paciência.

Fobia (medo): Não tem, aprendeu a conter todos seus medos.

Objetivo: Ser um grande Jedi, trazer a paz justiça e harmonia para a galáxia.

Equipamentos: Um sabre de luz,


Historia:

Vibe nasceu para se tornar o maior Jedi de sua época, assim falava seu tio. Órfão criado por um tio, desde cedo se interessou pelas artes militares, dentro delas, estudou o sabre de luz, e a força.

Desde a primeira luta, aos treze anos, conheceu o sabor da vitória ao ser atacado por um quarrens. Aos 17 anos, parte para sua jornada de auto-aperfeiçoamento na qual foi viajar de planeta a planeta para aumentar suas habilidades.

Seu sabre de luz foi deixado pelo seu falecido pai, um jedi que foi morto por um Sith. O sabre de luz de cor azul levou a ter mais de 100 embates entre os 17 e 23 anos, nunca sendo derrotado. Estas disputas quase sempre eram coroadas com a morte do rival e para Vibe a morte era encarada com naturalidade. De fato Vibe era poderoso com as armas em geral, um bom estrategista, corajoso e apto a tomar decisões, por vezes extremas, rápidas. Em guerras e disputas, sua atitude era serena, sempre em harmonia, carregando a paz e justiça.

Aos 24 anos, após vencer varios Droids e Siths ao mesmo tempo , Vibe passou por uma grande mudança espiritual. Vibe sentia que venceu estes duelos não por ter dominado a estratégia, mas por ser mais forte, preparado ou simplesmente por sorte. Passa então a buscar o significado mais profundo do caminho de um Jedi, que é a força.

Foi com 25 anos que Vibe finalmente alcançou seu objetivo de compreender os princípios do código Jedi que seu tio tinha ensinado. Vibe se isolou num planeta chamado Dagobah onde ficou por 1 ano e oito meses treinando a força.

A família de Vibe morreu em Tatooine então ele segui para esse planeta e entra para Ordem Jedi THE FORCE.



AUTOR: Eduardo Teixeira

Vibe Timeless - background Jedi




"We're not an army, we are the guardians ..
We are not saints, are warriors ...
We do not march, conscious move ..
We do not fight, we sacrifice ...
Even when all odds are reduced to no defend, while we're on our knees with our heads held high, holding our shields together to maintain life. "



Name: Timeless Vibe

Age: 26

Race: Human

Class: Jedi

Physical Attributes: Thin, defined body because years of physical training, blue eyes, blood-stained face with many scars.

Spiritual Attributes: Follow the Jedi code, believes his life on the force.

Social Attributes: Educated, humble, obedient, calm, very mature and strategist.

Skills: With lightsaber and force.

Defects: Revenge hidden in the heart (but overlooked).

Strengths: Fighting, strategy, patience.

Phobia (fear): No, he learned to hold all your fears.

Objective: To be a great Jedi, bring peace justice and harmony to the galaxy.

Equipment: A lightsaber.


History:

Vibe was born to become the greatest Jedi of his time, so his uncle spoke. Orphan who was raised by an uncle, soon became interested in the military arts, within them, studied the lightsaber, and strength.

Since the first fight at age thirteen, knew the taste of victory while being attacked by a quarrens. At 17, she left for her journey of self-improvement in which he was traveling from planet to planet to increase your skills.

His lightsaber was left by her late father, a Jedi who was killed by a Sith. The lightsaber blue led to be more than 100 collisions between 17 and 23 years, never being defeated. These disputes were often crowned with the death of his rival and Vibe death was regarded as normal. In fact with the Vibe was powerful weapons in general, a good strategist, courageous and able to make decisions, sometimes extreme, fast. In wars and disputes, his attitude was serene, always in harmony, carrying peace and justice.

At age 24, after winning Several droids and Sith while Vibe underwent a major spiritual change. That vibe felt won duels Those not mastered the strategy "to Have, But to Be stronger, ready or Simply by luck. Then moves on to seek the deeper meaning of the path of the Jedi, that is strength.

It was 25 years finally Vibe Achieved his goal of understanding the Principles of the Jedi Code Which HAD his uncle taught. Vibe Was isolated on a planet called Dagobah Where he stayed for one year and eight months training the force.

Died Vibe's family on Tatooine so he headed for the planet and join the Jedi Order THE FORCE.



AUTOR: Eduardo Teixeira

OBS: Espero ter traduzido bem!!!

domingo, 29 de agosto de 2010

BG Melaine Audion - Atravessador

Esta é Mel um apelido carinhoso que dou a minha amiga. Uma grande amiga, mais falando em matéria de RPG vai postar seu BG. Uma grande mafiosa, e sua classe é Atravessador (Cyberpunk) vivendo numa cidade de terror. Que abrem as cortinas...


Finalmente, Melaine Audion chega a cidade natal de seus pais, chamada Lendas Urbanas. Seu objetivo naquele lugar era descobrir o que tonara seus pais o que eram hoje em dia. Sabia que as mudanças tinham ocorrido quando os dois resolveram voltar aquele maldito lugar.
Tinha contato com seu pai por telefone, pessoalmente quase não o via, até porque ele nunca mais saira de dia... Sua mãe sumira pelo mundo, apenas deixando uma carta de despedida.
Desde os 15 anos aprendera a viver sozinha, seus pais lhe deixaram com uma velha tia, que administrara seu dinheiro até os 18 anos. Sentia muita falta de família, no colégio era a única que não tinha pai e mãe por perto. E pior que nunca os via. Certa vez aos 19 anos viu seu pai numa visita rápida, de instantes...Sua aparência não era de um pai e sim de um irmão, ele não envelhecera...Nunca falaram sobre isso, existia uma barreira muito grande...
Por conta desse grande mistério que envolvia seus pais, resolvera então correr atras de respostas, já que eles jamais contariam para ela. Chegando então em Lendas Urbanas, a tão afamada cidade, resolve reconhecer o território, buscar informações.
Após alguns dias encontra-se com Paty Larimore que lhe explica a verdadeira natureza de alguns habitantes do lugar, esta a convida a fazer parte de um grupo de humanos destinados a salvar aquele lugar desses seres sombrios. Devido a sua adolescencia de solidão e abandono, tornara-se fria e calculista, não achava que por trás desses seres existisse qualquer tipo de emoção...Nem de seus pais..Porque quando achava que havia achado algo de sentimento neles, sempre provaram para ela o contrário, se fosse diferente a teriam abandonado? Juntou-se então ao grupo, que a fez sentir pela primeira vez o que era viver em família.
Com o passar dos meses, foi conhecendo melhor o lugar, trabalhando ao lado dos humanos, quando fez amizade com Leidiane Daxter, descobriu entao que esta fazia parte da MAFIA, pediu então para entrar para este grupo também, queria ter mais recursos para cumprir com seus objetivos. Já na MAFIA descobriu-se em meio a pessoas muito diversas, algumas muito esquisitas por sinal que so apareciam a noite, outras um pouco rudes, de poucas falas e ainda tinham aqueles que lhe traziam até arrepios de tão esquisitos. Alguns aprendeu até a respeitar, outros apenas engole...pois eles tem um pacto, e até que poderia tirar proveito.
___________________________________



AUTORA: Sandra Regina (Nome real)
AUTORA: Melaine Audion (Nome do personagem)




Parabens Mel s2



RPG NA VEIA!!!!!!!!!!!!!!

BG Cristal Knave - GUERREIRO FEITICEIRO


Nome: ( Cristal Knave )

Nome: ( Cristal Knave )

Idade: ( 25 )

Família : (Mortos )

Tipo físico:( Loira , alta , branca e Olhos azuis mancha Estrela nas Costas)

Atributos espirituais : (Deus Poseidon)

Traço de comportamento: (Sedutora , irreverente )

Qualidade : ( otimo lutador ,)

Defeitos: ( Debochada)

Fobia (medo): ( Caustrofobica )

Inimigos de outras raças:

Objetivo: ( Defender a Humanidade )

Armas : ( Katana de prata e punhal)

Itens que carregam consigo: ( Corda , punhal. porçao de cura )

magias principais :(*Cortina da morte*
*Ignorar sofrimentos*
*Controlar elementos*
*tele transporte*
*Ritual da dor*
*Circulo de espíritos*
*Nublar*
*Chamar o coração*
*Ilusão*
*Petrificar*
*curar*
*Grito do feiticeiro*
*Feitiço de Assombração*
Habilidades: ( lutadora)


HISTORIA :

1260 D.c- vivia numa aldeia na Escócia ,ainda criança meus pais trabalhavam em fazer espada eram ferreiros tanto meu pai quanto minha mãe faziam isso junto , não era normal uma mulher ter esse tipo de comportamento mas minha mãe era uma trabalhadora ...
naquela época havia muita opressão pois a Inglaterra tinha dominado a Escócia com seu povo bárbaro... Rei Eduardo I de Inglaterra nos fazia pagar impostos absurdos , se não pagasse seria punidos ou ate mortos , mas ouvimos sobre a batalha que se assolava pela liberdade da Escócia meu pai foi pra batalha .. ainda criança fazia meses que não via meu pai minha mae, resolveu fechar o estabelecimento e seguiu comigo escondida em direção ao mar viver nas rochas minha mãe , Proclamava aos deuses todas as noites pelo meu pai , mas se fazia anos sem noticia dele ... o tempo foi passando e a batalha por liberdade não passava vivendo num frio perto do litoral ..nos vivíamos de caça e peixe . Eu com apenas 13anos notei que conseguia fazer pequenas faíscas de fogo minha mãe se apavorou com meu feito disse que era os deuses que estava me dando força...mas longo do tempo se passava minha mãe me ensinou ergue uma espada e controlar meus poderes ,pois a guerra ainda não acessou...
Uma das nossas treino avistei de lonje um grupo de cavalheiros vindo em nossa direção minha mãe mandou Eu correr , não respeitei fiquei pra lutar...
enquanto eles se aproximavam ...Minha mae disse pra que usa-se toda minha força , então eu conjurei uma magia provocou uma bola de fogo, acertou alguns deles mas outros feriram minha mãe que foi morta pela batalha . Mas minha raiva aumentou joguei outra bola de fogo que me jogou pra fora cair no mar gelado da Escócia, continuei a boiar na água enquanto hum ser marinho me ajudava me levar pra próximo de uma praia , eu ainda fraca olhava pra ele via que ele Era um belo homem que estava me ajudar ele tinha cauda de peixe me deu um beijo e me levou pra o fundo do mar o beijo dele ma dava ar pra respirar , entrou num tipo de cidade em que lá estava hum tipo de cúpula , havia ar para que eu respirasse dentro dessa cupula , la entrou um tipo de ser marinho mas ele era diferente tinha pernas ...o tempo foi passando e muita coisa aprendi com aquele homem velho magia e feitiçaria ...então aos 25 anos resolvi subir pra superfície com aquele ser marinho tinha um nome de Telesio .. Ainda tinha experimentando seus beijos e o amor que ele me passou durante estava no fundo do oceano. Com muito apesar, e tristeza meu lugar não era aquele então vim pra uma cidade chamada Dark Knight , a procura de uma moradia , logo encontrei um grupo de guerreiros que se chamavam Warrior que me apoiaram e me deu um lar pra eu morar .



MINHA AMIGA,AUTOR: Cristal Knave (Nome do personagem AV)