Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 25 de junho de 2012

CRONICA - CV



Em uma tarde eu fabinho kenin patrão do Comando vermelho mais conhecido como C.V estava na favela do juramento quando fomo s avisados que a facção rival tentaria invadir o morro, todo o pessoal do C.V que estava presente ficaram alerta esperando o pessoal do T.C.P aparecer, tinha pessoal em tudo que era luga, quando o pessoal do T.C.P apareceu na porta da favela todos começaram a atirar contra o T.C.P logo depois eles começaram a revidar, varios membros do C.V ficaram feridos na troca de tiro, o patrão do C.V ficou gravimente ferido, um membro do C.V pegou o corpo do patrão e rapidamente o levou para o hospital, o pessoal do T.C.P ganhou a batalha, mas o unico recado q deixarão para o T.C.P é que eles ganharam a batalhas mas não ganharam a guerra.

AUTOR: Fabinho

SAUNA E MASSAGEM


SAUNA E MASSAGEM








Em uma quinta-feira acordei bem cedinho , se alimentei dos restos de comida que sobraram do dia passado , como um rato . Fui ate a casa de um dos integrantes da facção do meu moro e lhe pedi ajuda , ele me sugeriu que entra-se para a religião , tal era o A.D.A , eu ingressei como fogueteiro , subi pra aviãozinho , ja era vapor , virei gerente geral . Com uma casa no meio da favela , sendo uma delas as mas belas por dentro , tudo que queria ter , e oque nao sabia que existia . O patrao pediu pra gente ir fazer um cara que tinha tentando agredir seu filho , chamado o neguin , agente procurou o tal safado pela cidade. Enquanto procurava-mos , entrei na Sauna pra da uma relaxada e continuar depois , o bonde ficou rodiando a cidade , eis que a moça que me massageava chama pelo nome do individuo que o patrao pediu para que fizese-mos ele . Eu pedi pra moça termina por ali , ja estava bom . Chamei o bonde todo pro estabelecimento , bota-mos geral no chão e colocamos cada um na parede ajoelhado . Um deles começou a chorar , pedindo perdão , era o individuo que o patrao pediu pra fazer . Nós chamamos o neguin , filho do patrão , neguin pegou uma C45 e disparou 3 tiros no peito no cara . O cara se debrusou no chão , escorendo sangue para todo lado . Mandamos geral pro banheiro , tranca-mos eles e fomos embora , mas antes de chegar no tunel pra retorna ao morro , tinha duas viaturas que pediram pra gente para a van. Agente não pensou duas vezes e aceleramos como se não tivese-mos ouvido nada , mas os policiais efetuaram varios disparos , e três deles , atingiram as costas de neguin , filho do patrão , Quando chegamos ao morro o patrao mandou o motorista , que era um vapor , encosta na parede , o patrao descarregou um pente da P-90 que o vapor usava , o patrão depremido mandou fecha tudo e bota terro em todo " filha da puta " que aparecia por la.

AUTOR: VinicY Resident

CRONICA : VinicY Resident

Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro




CRONICA : VinicY Resident

Acordei atorduado com fortes dores pelo mal jeito dormido , a se levantar e olhar a minha pequena janela do alto da casa da favela , vejo 3 homens de roupas pretas subindo as escadas a toda velocidade . E me deparo com crianças proximas daquele local . Pequei minha pequena C45 com a munição baixa , havia exatamente 3 balas . Ouvia gritos das crianças quando se depararam com os tais homens de preto , e corriam . Enquanto as crianças corriam e choravam , os homens procurava algo de bastante importancia , pois estavam todos armados de P-90 ,Colete ,varios pentes . Eu efetuei um disparo para puxar a atenção de um deles . Pois eles podem ter a arma que quizerem , mais nao teram a sabedoria de quem mora na favela a muito tempo . o homem vinha correndo com a p-90 em punho . Eu tentei o derrubar , mais em fração de segundos ele me deu um chute no peito que me derrubou . Ele apontando a P-90 para meu rosto e com uma das pernas encima do meu peito parecia cena de filme , mas ele parou , não fez nenhuma ação , somente depois de uns 3 segundos cai ao chão . Eu olhei o paradeiro do tiro mas não surgia nenhum indice de onde podia ter vindo o tiro . Eis que surge os gritos da crianças , eu com minha C45 corri em direção aos gritos , me deparei com os dois homens pegando a droga de um dos vapor do morro . Eu tentei impedi-los mas um deles me deu uma coronhada que me desmaiou . Eu acordei somente vendo as crianças rindo de meu rosto , eu debrusado no meio do campo de futebol , atrapalhando a criançada brincar. Liguei para os bonbeiros socorrerem o homem que tinha caido perto a min. Quando cheguei la ele ja estava acordado. Ele levantou uma arma pra min , essa arma era minha C45 que havia somente duas balas. Ele deu um tiro no meu braço e saiu mancando em direção a uma van preta. Os moradores chamaram os bombeiros que me levaram ao hospital . Depois de ja tratado , mas ainda com o braços fraturado . Comecei sentir fortes dores , retornei ao hospital , estava doente . O medico não me explicou oque era , mais disse pra min ter cuidado , pois foi muita sorte eu ter sobrevivido . Que doença é essa , tal mortal , retornei a favela . Quando cheguei as crianças disseram que um homem volto la e devolveu minha C45 . Tal arma , que jamais usarei novamente.

BG PaatyDorben Resident

Nome: PaatyDorben Resident

Idade: 21

Classe do jogo: defensor

Aparencia Física:branca, cabelos loiros, magra, estatura media.

Grau de Espiritualidade: 7

Virtudes: Defender e fazer justiça .

Defeitos: Impaciente, mandona .

Qualidades: Sou uma pessoa amiga, carinhosa, gosto de ajudar e defender os injustiçados, prezo a razão.

Fobia (medo): perda de amigos e familiares, ser torturada.

Inimigos de outras classes: Traficantes e Bandidos.

Objetivo: Ajudar na area da justiça ,deixando a cidade mais organizada.

Frase que descreve o personagem:
: "Não vou jugar-te porque tambem posso ser réu, não vou jugar-te porque quem te juga esta no ceu! ''
Historia: Uma mulher forte e decidida que se viu destinada a seguir na area da justiça. Quando bebe foi abandonada por seus pais e criada por uma familia simples e humilde. Cresceu vendo todas as injustiças e resolveu que iria mudar essa situação.
THE END.

BG JULIANA SHELBYVILLE

NOME: Juliana Shelbyville

IDADE: 36

APARÊNCIA: Estatura mediana, magra porém malhadinha, pele branca, cabelos ruivos, compridos e enrolados, olhos cinzas.

GRAU DE ESPIRITUALIDADE: Apenas crê que algo existe além dessa vida

GRUPO: Policia Civil

VIRTUDES: Honestidade e Organização

FRASE: Não me venha com lorotas, meu tempo é curto e precioso!

MEDO: Vários, porém luta contra eles dia a dia

Quando pequena teve uma vida normal e feliz, cresceu em São Paulo, cursou a faculdade de Direito e entrou para a Policia Civil. Aos 35 anos foi transferida para a cidade do Rio de Janeiro e lá se tornou Delegada da Corregedoria do 1°DP de Tropa de Elite. Com uma equipe muito competente faz seu trabalho com grande afinco. Respeitada por sua indole e honestidade investiga os atos de corrupção de policiais, Civis, PM e B.O.P.E.
A correria na cidade é imensa, toda hora há sequestros, assaltos e mortes. Casada com Renann shelbyville também policial, só que do B.O.P.E, tentam juntos prestar um grande serviço a cidade. Acredita que o Rio de Janeiro possa ser uma cidade livre da bandidagem e fará tudo que estiver ao seu alcance para que isso aconteça.




BG DraacoMalfoy Resident

Nome: DraacoMalfoy Resident

Idade: 23

Classe do jogo: Soldado Bope

Aparencia Física: Pele clara , cabelo preto , malhado , porte fisico de atleta , olhos claros

Grau de Espiritualidade: Acredito em Deus, sempre esta comigo

Virtudes: Otimo atirador e com muita vontade e competencia para acabar com os traficantes e vagabundos das favelas , acabando com o crime por onde passa!

Defeitos:

Qualidades: Sou educado , respeito todos , sou bonito e gostoso, iteligente, sempre pronto a ouvir o proximo.

Fobia (medo):

Inimigos de outras classes: Traficantes ,Bandidos, e policias corruptos.

Objetivo: Invadir as favelas e acabar coma criminalidade

Frase que descreve o personagem: Homens de preto, o que que você faz ??? EU FAÇO COISAS QUE ASSUSTA O SATANÁS !!! Homens de preto, qual é sua missão ??? ENTRAR PELA FAVELA E DEIXAR CORPO NO CHÃO !!!

Historia: Vivia em meio dificuldades e injustiça , resolve escrever seu proprio caminho e ser vingar daqueles que o prejudicou. Resolve acabar com a corrupção e o trafico de drogas, se muda para uma cidade fria e perigosa onde todos querem vencer , e eles só quer ajudar , vendo que o mundo não esta facil , enta na guerra, entra para PM se dedica ao trabalho honestamente e bravamente que consegue entrar para o BOPE, um grupo de GUERREIROS que chegaram para ficar e devastar as favelas dos vagabundos e maconheiros...

THE END.

BG , Buzzo Batista

Nome: Buzzo Batista

Idade: 18

Classe do jogo: Assalto

Aparencia Física: Olhos castanhos.alto.Corpo fefinido, cabelo preto,68 kl

Grau de Espiritualidade:

Virtudes: Traficar , assaltar,defender meu patrimonio e amigos..

Defeitos: Sem paciencia

Qualidades: Sou carinhoso , bonito gostoso,e sempre pronto pra quem vim,,
Fobia (medo): Ser torturado

Inimigos de outras classes: , e policias corruptos.

Objetivo: Dominar e traficar

Frase que descreve o personagem: "Não vou jugar-te porque tambem posso ser réu, não vou jugar-te porque quem te juga esta no ceu! ''

Historia: ,Menino triste que vivia em favela que conheceu amigos que criou ba vida do trafico e hj faz parte de um grande trafico no rio de janeiro ,,,

THE END.

BG. Fabinho Kenin

Nome: Fabinho kenin

Idade: 17

Classe do jogo: Assalto

Aparencia Física: Moreno, Cabelo meio marron,malhado, porte fisico de atleta e olhos azuis

Grau de Espiritualidade: Cristão

Virtudes: otimo em manusiar armas

Defeitos: As vezes nao tenho paciencia

Qualidades: Sou verdadeiro e um otimo amigo

Fobia (medo): Nenhuma q eu saiba

Inimigos de outras classes: T.C.P, PM, CIVIL E B.O.P.E

Objetivo: tocar terro na cidade

Frase que descreve o personagem:

Historia: Fui criado em favela que foi dominada por policiais, os policiais invadiram minha casa e matarão os meus pais, depois desse dia entrei pra vida do crime aonde procuro me vingar dos policiais q mataram meus pais

BG - WillianGatinho

Nome: WillianGatinho Resident

Idade: 32 anos

Classe do jogo: B.O.P.E

Aparencia Física: 1.92 de altura, forte, Castanhos,Cabelo Arrepiado .

Grau de Espiritualidade: Nenhuma.

Virtude: Ajudar sempre o próximo , e Ajudar a populaçao .

Defeitos: Pouca Paciencia , Gostar de matar bandidos e vagabundos .


Qualidades: Atirador de elite ( Sniper ) Fui treinado por um batalhao chamado HAGASH , Atualmente estou no B.O.P.E , Sou muito inteligente , Sei manusear muito bem as minhas armas .

Fobia: Nenhum

Inimigos de outras classes: Vagabundos , Traficante , Bandidos .

Objetivo: Viver a vida e Proteger a Cidade Honrando o nome de nosso batalhão ( B.O.P.E )

Frase que descreve o personagem: " Bandido entro na minha frente é morte na Certa ."

História: Morava no exterior , Vim para ca ser policial , Aos 20 anos eu entrei para uma corporaçao chamada HAGASH , la fui muito treinado com snipers , assim fiquei profissional da sniper , com 21 anos Entrei na Tropa de elite da Policia Militar , Onde vi um companheiro meu de batalhao sendo executado por bandidos fortementearmados , Com isso tomei um odio de todo bandido q eu vejo pela frente , Comigo não tem perdão , Bandido armado pode estar em 3 que a bala come , Entao nem tente brotar na minha frente senão é caixão na certa .
Esse sou eu .

FIM .

BG- NewSquid Bonetto


Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro



Nome: Newsquid Bonetto

Idade: 21 anos

Classe do jogo: T.C.P

Aparencia Física: 1.88 de altura, forte, loiro, tatuado e cabelo moicano.

Grau de Espiritualidade: Nenhuma.

Virtude: Ajudar sempre o próximo

Defeitos: Gosta de matar

Qualidades: Faixa preta de Jiu jitsu, inteligente, sabe manuzear armas de longo alcance.

Fobia: Nenhum

Inimigos de outras classes: C.V e aqueles que se opuserem contra o T.C.P

Objetivo: Viver a vida

Frase que descreve o personagem: tá tudo 3#

História: Moro em uma comunidade da zona Norte do Rio de Janeiro, e desde pequeno, vi o que a vida nas comunidades tem a oferecer. Ou você é " O CARA " ou você tem que fechar com o comando.
Eu optei por fechar com o T.C.P 3#
Comecei como vapor e hoje em dia sou o SUB PATRÃO TCP !

A Favela é o meu santuário, a comunidade é a minha alma, o comando é o meu coração e os inimigos? Bom, os inimigos, esses ai não botam medo.

FIM

Tropa de Elite 2 RPG - CRONICA

Tudo começou?ou quando eu estava na minha favela muito conhecida como morro do Juramento , entao me passou 2 homen com a farda do bope , passei o radio para meu irmao , dai ele chegou de moto na frente dos cara e eu desci o morro cheguei logo enquadrando os alemao cada um se dis chamar felipe e G43rie1 levamos ele pra dentro da favela revistamos os alemao conseguimos tirar uma grana dos 2, puxei

logo Minha arma da cintura dei 2 tiro pro alta perguntei se eels erao da bope msm , tal de felipe fez cara de deboche e falou que estava vestido pra uma festa a fantasia , vi que era tudo mentira comesei a dar tapas na cara dos rapazes , chutes , socos , coloquei o saco na cabe?a de cada um e perguntei novamente , foi ai que o felipe confesou que era da bope , entao com a cara toda sangrentada com seus poucos minutos de vida , levei para laje da favela e mandei mata-lo , terminando de matar jogamos o corpo dele la de cima direto no esgoto , entao o outro amigo dele que tbm estava em posse dos traficantes , pedimos um resgate por esse rapaz , se passarao minutos , horas , e nada os rpaz nao parava de falar , falava que nao ia sair bem dessa , mandou matar ele nao aguentava mais , ai ele disse cv nao sao de nada so sabem matar , olhei dentro dos olhos dele e perguntei vai mlk , mais vai cedo , vai sentar no colo do capiroto e arde no seu fogo comedia , cortei a lingua do rapaz picotei sua perna , meti bala na sua cabeça juntei tudo joguei pela cidade..


AUTOR: ThiGuinTh Resident

TROPA DE ELITE 2 RPG - O INIMIGO AGORA É OUTRO


AUTORA: KEKA ZELIN




Todos iguais

Ali correndo em uma esteira fiquei observando todos em minha volta.
Tinha uma pequena que corria sem parar com ar pensativo, sem nada a falar, mal parecia que estava ali. Totalmente absorvida em seus pensamentos. O que sera que ela pensava? Me perguntei. Sera que pensa no que ira fazer ao sair daqui? Nao sei mesmo.
Ouco com atencao agora a conversa ao lado. Estao falando de invasao, de subir morro, de enfrentar policia.
Ali, bem ali na academia, um lugar com tantas pessoas, um lugar onde vc deveria apenas ouvir falar de saude, alimentacao ideal, de coisas ligadas a isso, mas verdade percebemos que cada um tem um pensamento bem longe dali.
Ali onde todos os dias acordo cedo para me dedicar ao trabalho, a satisfacao de quem frequenta existe todos os tipos de pessoas.
Pessoas ternas que salvam vida, pessoas frias que tiram as mesmas.
Mesmo sendo assim estamos ali, gostamos de estar ali e mais precisamos estar ali.
Vamos pela saude, para desestressar, para ver amigos, para ouvir fuxicos. Vamos todos os dias para nossa academia.

Desventuras em um motel


Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro








Desventuras em um motel
---------------------------------

Esse lugarzinho de encontros íntimos tem em seus bastidores histórias hilárias, muitas vezes até bizarras que chegam a competir até de igual para igual com histórias de amor..


Como recém proprietária do motel Sky red aqui no Rio de Janeiro, não posso deixar de comentar sobre alguns dos casos hilários dos quais presenciei desde o período em que adquiri o mesmo.
Certa vez, o casal de amigos já na suíte do motel, ligou a banheira de hidromassagem e enquanto ela enchia, eles se entregavam aos prazeres da carne ( não, eu não estou falando de churrascaria ou algo do gênero) Roupas espalhadas pelo chão, esqueceram totalmente da vida. E também da banheira. Quando se deram conta, a água havia invadido todo o quarto, encharcando roupas, documentos, dinheiro, calçados, tudo. Saíram ensopados do local! Em um outro caso, a banheira não transbordou, mas 'cozinhou' o casal. Água quente + hidro = queda de pressão arterial. Game over para os pombinhos, tsc. Isso sem contar aqueles que consomem tudo que tem direito, fazem a festa com o frigobar, e depois não tem como pagarem a despesa. Cartões de banco, folhas de cheque, tudo é válido para ser retido como garantia do pagamento, e sendo mais radical, até a mulher acaba sendo a garantia. (sério, acreditem). E finalizando, ainda tem os diversos casos de quem chega de bicicleta, a pé, quer coisa mais triste? Ninguém merece, mas como dizem, para o amor vale tudo..

Faça amor, não faça guerra. Mas sem micos é melhor ainda.


AUTORA: ANITA SMIT


CRONICA DE UM COMERCIO





Olá Meu nome e Smith Bhalti e sou segurança do bar, entao
em um dia de muita festa no bar eu estava como segurança , fiquei na portaria recebi varios convidados ate pensei que nao ia encher mais vi 1 2 3 4 5 6 pessoas e o espaço ali encheu , recebi os pagamento do convidados ate ai tudo beem , resolvi colocar meu bastao para tomar conta ali do bar , ai um sr com farda da bope que se diz chamar wiiliangatinho, veio ate mim com aquela cara de bebado o rapaz ja estava muiiito chapado , começou a me criticar , dizia que eu nao servia para segurança , jogou o copo de cerveja em mim , ii eu tendo que aturar aquilo tudo , começou a falar domeu bastao falo que eu nao podia usar ia melevar preso , eu so dizia que estava fazendo meu trabalho mais ele continuou a me pertubar .. foi ai que eu me esstresei e coloquei elepara fora da festa puxando sua farda , entao ele começou a me puxar junto e nao me soltava falou que nao ia sair da festa , pq tinha pago pra estar ali , sem querer acertei com o bastao na cabeça dele, o cara virou e comesou a me agredir eu so me defendi , ele passou um radio para o amigo dele que tbm se diz ser da bope israel , sem ter bebido nada conversou comigo e eu expliquei e cituaçao ali para ele , mostrei que o amigo dele estava errado o sr israel todo sem graça levou seu amigo para casa , passou alguns minutos ele voltou correndo para festa , saiu invadindo tudo , naquele momento puxeio rapaz , levei para o canto e conversei , ele me pedu desculpa por fazer aquilo e ia se comportar na festa , me deu ate umas ajudas ali na hora ((melhor ajuda que o bope impossivel :D)) ENTAO tudo ficou na paz conversei com a rapaziada , as meninas continuarao a cantar e ficou tudo na paz , pesso obrigado ao bope por ajudar na segurança da cidade , so nao beba como o sr wiilgatinho

AUTOR: Desconhecido

SEQUESTRO QUAZE FAIL

TROPA DE ELITE 2 RPG - O INIMIGO AGORA É OUTRO





SEQUESTRO QUAZE FAIL




Um certo Dia eu e meus amigos da C.v tivemos uma ideia de sair pra ruas e sequestrar alguem mais tinhamos ideia que ia dar tudo certo, Fomos para o tunel e fechamos ele para ninguem passar estavamos em 3, 3 homens quando olhamos para baixo vinham 2 homen de moto 1 na frente e outro atraz paramos os dois e mandamos sair da moto quando os dois sairam reparamos que eram 2 Policiais 1 do BOPE e outro da Pm ficamos alegre porque era nosso dia de sorte iamos sequestrar 2 policiais entao resolvemos amararlos e colocarlos no carro mais o meu carro cabia apenas 1 e 1 entrou la , falei para o outro ir com o outro baldido que estava junto ele falo ok vai na frente que ja estamos indo...
Cheguei no Morro com 1 deles amarrado limpei ele todo tirei todo os equipamentos policiais e radios, quando um membro da gang cominica-se pelo radio falando que o carro dele estava quebrado no meio do caminho com o outro sequestrado que ele nao ia sair dali tao cedo e o Morro estava muito longe desde local entao mandei ele esperar que eu ia amarrar o outro aqi e ja ia subir quando ele se comunica novamente falando que no tunel tinha a Facçao rival do C.v O ''T.C.P'' Que estava querendo assaltar quem estava na rua aquela noite eles pararam o membro da minha gang e amarou-le quando um membro da pm que estava desfarçado fora de trabalho dele ranca uma pistola e começa a render todos mais eles eram muitos entao nao ia dar para o policial ele logo parou e abaixou a arma o sequestrado pelo C.v que estava no carro quebrado consegue dar uma desfarçada e consegue fugir para longe do tunel quando eu começo a ir para o tunel escuto muito tiro e pensei o tirotei ja começo subi com o carro muito rapido consigui pegar o membro da minha equipe e começei a andar muito rapido com o carro até o morro com o meu amigo fomos todos para o morro,
Um fugio mais tiva mais 1 amarrado no morro para nos se divertir um pouco com ele e fomos direto para lase divertimos muito com ele e chegamos num acordo de a policia pagar 250 Mil por ele e resolvemos aceitar a policia veio pegar o refem e nos pagaram o dinheiro do trato para a pm estava tudo de acordo para nos tabem mais nos Ficamos com muita grana para nos dividir em 3 era um belo trato e falamos que por aquela noite ja estava boa de açao deixaremos para o outro dia ...

CRONICA: A MEDICA DOS PÉS DESCALÇOS


Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro




CRONICA: A MEDICA DOS PÉS DESCALÇOS

Foi no Rio de Janeiro, numa tarde de segunda-feira, fazendo esteira na academia. Academia cheia de pessoas querendo ficar cada vez mais fortes ou magros... Eram 14:30 e eu estava ali suando, correndo sem parar e enxugando o suor com a toalha...

Como de costume, ouvindo um pagodinho e observando quem entra e sai da academia, observando a diferença entre as pessoas, não por porte fisico, mas por coração, gestos e trijeitos...

Foi então que uma moça muito bonita, com talvez seu 26 ou 27 anos com expressão suave e meiga, bem vestida, se aproximou e subiu na esteira ao lado, me comprimentou e começou a correr na esteira... Vestido preso no pescoço com um colar (vestido? uhum) e descalça (oô sim descalça), mas ela corria naquela esteira como se estivesse com o tenis mais confortavel do mundo...

Fiquei pensando: as pessoas se preocupam tanto com oque veste oque calça e esquecem de dar valor a um sorriso, sorriso que aquela moça trazia no rosto... Deu pra ver no cracha anexado na parte superior do vestido que ela era Medica e estava ali simplesmente correndo com os pés no chão... Sentindo a pressão, o impulso da vida na planta dos seus pés...

Somos incapazes de ver as pessoas por dentro, mas somos capazes de ver a humildade de cada um, sendo rico ou pobre...

Oque vale é oque tem dentro de nós, pés descalço um dia pra mim foi sinonimo de pobreza mas hoje é sinonimo de humildade...

CRONICA Brisa Pinelli




Voce sai de casa para trabalhar e nem imagina o que te espera. As vezes parece ate que o azar que te acompanha. Eh dificil acreditar que o perigo te rodeia mesmo voce sendo um defensor do povo e lute pela seguranca publica. Quando eu caminhava calmamente voltando da academia fui abordada por um cidadao. Moco novo, sim porque pra ser bandido parece que a disposicao logo vem, trocam o playstion por um fusil e agem como se no mundo nao houvesse leis.
Rapaz de porte pequeno, jeito franzino, so que com agressividade de adulto. Veio logo me pedindo 200 reias, como PM que sou pedi ajuda, demorou um pouco, o sistema nem eh tao agil.
De repente quando eles descobrem que voce eh PM parece que a coisa fica ainda pior. Da pra sentir no olhar o despreso dele, no halito frio e mal cheiroso o odio e na hora eu vi minha vida toda passando como um filme, sabia que a chance de morrer ali era enorme. Segurando o olhar, vendo pessoas passando tao longe e eu ali, ganhando tempo, ganhando talvez os ultimos minutos que eu veria o sol.
Nao sei se justifica a sociedade injusta que temos tamanha maldade. Depois de passar os reias ele mandou q eu corresse.
Corri como se fosse ganhar a Sao Silvestre, ouvindo os barulhos de tiro e lutando pra sair viva.
Chegar em casa depois disso tudo, deitar e tentar dormir eh quase um tormento.
Resta um dose de wisk pra tentar esquentar a alma.
Resta fechar os olhos bem forte e se absorvida.
Essa eh a nossa realidade, esse eh o nosso sistema.
A nossa sorte eh ainda estar vivo!

AUTORA: keka Zelin

SEQUESTRO DO COMANDANTE

SEQUESTRO DO COMANDANTE.


As 8 e 30 da noite, agente avista a delegada, o objetivo era o comandante, é .. aquele péla saco, mais agente tem cérebro, é pra pensar né ? Então agente resolveu, meter o rapa na delegada, assim chamando o comandante até nós. Por que querer tanto o comandante ? Claro, informações, duvidas, dividas, tudo. Então la vem ele, todo de uniforme, cheio da grana, achando ele que ia fazer o resgate, não sabia que o alvo era ele.
- Encosta viado, vai vai, encosta lá.

Agente não sabia que iria ser tão facil assim, logo depois agente pegou a grana dele, bela grana, chutou a bunda da delegada, e mandou ela vazar. Nimguem entendia mais nada, mais eu entendia ... Agente conseguio tirar informações valiosas dele, coisas que vão ser muito importante pra gente, é, além do mais, o safado é maior filha duma mãe. Depois de uma longa conversa, e troca de tiros com algums pm's, agente acertou tudo com o comandante, e mandou ele vazar.

AUTOR: fnnnnx