Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 20 de maio de 2010

O nagaraja - O personagem Vampiro do Vibe.


“Nova vida, novas oportunidades, isso é belo e milagroso. Não existe vida sem morte. Da seu corpo pra mim e eu te darei uma segunda chance se isso não der certo prometo te matar mais rápido. Vamos fazer uma troca seu corpo me servira de alimento e sua alma pode renascer novamente. Você não quer? Foda-se vou te matar lentamente agora , vou arrancar seus órgãos com minhas mãos e devoralo”.


Nome: Vibe Timeless

Idade: desconhecida

Animal de estimação: Corvo negro

Clã: Nagaraja

Atributos Físicos: Magro mais corpo definido , voz grossa e roca , muitas cicatrizes pelo rosto e pelo corpo.

Atributos Espirituais: Acredita em espiritismo, sabe muito bem que existe o inferno e céu conhecido como éden , anjos e demônios conhece ambos os lados.

Atributos Sociais: Solitário perante a sociedade , faz do centro da cidade um verdadeiro filme de terror com suas caçadas , mesmo quando não esta caçando é um homem sombrio que faz da medo em qualquer um , pelo visto até mesmo em outros vampiros.

Habilidades: Arremessar, controlar corvo , usar peles das faces de sua vitimas para aparecer como elas , ótimo lutador , usar cinza de mortos cremados para deixar o ambiente escuro , mexer com espíritos e controla-los , usar partes do corpo humano em geral para seus benefícios.

Virtudes: Confie em si mesmo.

Defeitos: Sombrio , imperdoável , aterrorizante , solitário.

Qualidades: Nunca desiste de seus objetivos, não importando eles qual for .

Fobia (medo): Medo de luz solar.

Fraqueza: Devem comer carne de humano crua. Os cadáveres devem estar frescos, mas os Nagaraja desenvolveram os rituais necessários para preservarem os corpos por semanas ou até mais tempo. Se durante uma noite eles não comerem carne fresca de humano (seja de uma fonte viva ou morta), eles perdem sua força envolvendo seus Atributos Físicos. Quanto mais fome sentir mais fraco ficara , sentir fome não é nada bom. Basta comer carne e tudo volta ao normal , carne é seu alimento. O corpo de um humano normal vai durar de barriga cheia por muito tempo bem que é dificil conseguir comer tanto e não é necessário comer o corpo inteiro basta um(ns) pedaço(s).

Inimigos de outras raças: Todos que se impor contra ele.

Objetivo: Ser livre. Alimenta a sua besta inferior atravez de carne humana em troca dar a eles uma segunda vida, deixando sua alma rebrotar em um novo corpo que renasce na terra , muitas vezes não é pregado isso apenas se alimenta mais é um objetivo sua alimentação. Outro objetivo é lutar pela liberdade e igualdade dos vampiros independentes, ser independente é a chave da vida eterna.

Equipamentos: celular, revólver pesado colt anaconda (. 44 magnum), balas de prata, adaga de prata, coldres de bota, para arma e adaga e uma rosa negra.

Frase que descreve o personagem: " Me da um pedaço de seu corpo pra provar se é bom??? Porque você se agarra tão firme em si mesmo??? Isto é apenas uma casca, e as cascas se quebram, seu espírito é que é o imortal verdadeiro."



Historia:


Vibe foi deixado em um mosteiro por sua mãe biológica, quando tinha apenas três meses de vida e até hoje não sabe por que!!!!

Ali ele permaneceu até completar oito anos, foi educado por freiras e padres que ali residiam, teve uma bela educação e uma infância feliz apesar das circunstancias, em um belo dia sentado na praça do mosteiro Vibe estava rodeado de corvos e falava com eles , o interessante é que não tinha corvos nessas regiões. Ele falava sozinho e dizia estar falando com pessoas imaginarias, bom ele acusa as pessoas de ser má e boas. O menino usava uma moeda falava que era pra da sorte.

Logo após seu décimo aniversário foi adotado pelo casal Jonh e Marta Timeless, uma família muito rica e tradicionalista, vindos da Colômbia para o Brasil a aproximadamente quatro anos, gostaram tanto do paiz que resolveram ficar e como não podiam ter filhos, foram até o mosteiro de são Cristóvão, lugar onde Vibe estava e conhecido por toda a cidade por abrigar crianças abandonadas e sem teto, tirando elas das ruas e as educando para formarem bons cidadãos.

Lá eles o encontraram e admirados por sua beleza incomum e fascinados por sua educação inteligência, resolveram então adotá-lo.

Então conforme os anos se passavam , Vibe se mostrava muito diferente das outras crianças de sua idade, tinha pensamentos e hábitos estranhos, gostava de se cortar com os espinhos das rosas que havia em seu jardim, isso quando você não estava usando roupas pretas e estranhas que ele mesmo cortava com tesoura, para ficarem diferentes porem do seu gosto. Usava uma moeda da sorte, sempre estava com sua moeda. Numa noite o cachorro tinha falecido ao ser atropelado por um carro e o menino a colocar a mão nele lhe da a vida de volta , os seus pais não crê no que tinha visto.

Seus pais achavam suas atitudes por demais esquisitas, para uma criança de apenas dez anos, com tudo isso acontecendo seus pais aos poucos foram lhe deixando de lado e desprezando na maior parte do tempo. O menino era sozinho e solitário não gostava de amigos, ele e seus pais não saiam junto nas ruas, pois tinham vergonha, então Vibe foi enternado em um colégio interno, permanecendo lá, por oito anos. Vibe se guarda e durante todo seu tempo aprimora a arte da mágia, convocava espíritos , tinha seus meios de comunicação atravez de corvos , podia ver quem ia para o inferno ou não , podia usar sua moeda pra ver isso ele deposita toda uma força mágica em sua moeda e sim usando pra ver quem merece ou não morrer. Bom pra finaliza ele estudava muito e assim ninguém percebia que ele era um eutanato nem ele mesmo sabia.

Quando retornou pra casa de seus pais percebeu que, ele não tinha amigos e aos poucos percebeu que também não tinha mais uma família, a mãe dele violentou o rapaz sexualmente e ameaçou de denunciar se ele conta-se pra alguém , o pai dele estava perdido na cocaína e estava metido num trafico de armas e tudo estava de cabeça pra baixo , seu pai bateu tanto nele que ele nem fez questão de reagir. Vibe só tinha e só podia confiar nele mesmo, devido isso tudo ter acontecido, aos poucos foi se tornando um jovem frio e revoltado e um grande ódio por seus pais agora habitava seu coração. Assim o rapaz sai de casa e vai viver sua vida poupou a alma de seus pais.

Na rua ele encontra de tudo , matava muitos humanos na tentativa de liviar suas alma de ir para o inferno em meio a essa jornada ele pode se deparar com um vampiro era uma bela mulher então ela diz a seguinte frase:
- Tenho esperado por esse dia durante anos, mas agora ele finalmente chegou e então poderei lhe entregar seu merecido presente, espero que goste.

De repente ele sente um estranho prazer, no momento em que ela crava seus caninos em seu pescoço. Nesse momento ele sentiu o mundo sumindo vagarosamente e então quando já estava indo embora, sentiu uma tremenda dor em todo o seu corpo, doía muito e a dor não passava , nunca tinha sentido nada parecido e nem sua mágia funcionava pra fazer essa dor passa , nesse momento sabia que estava vivo , acompanhada por um profundo e alucinante momento de prazer, provavelmente o ultimo que sentiria. Logo em seguida tomado por uma incrível e alucinante fome, Vibe não conseguia se controlar e nem mesmo raciocinar enquanto a besta dentro dele, agora desperta, o controlava.

Na mesma noite ele segue um casal em um beco escuro da cidade , paralisa apenas o homem e manda a mulher fugir , sua roupa escura e sombria tampava seu rosto ele falava para o homem paralisado:
- Sei quantas crianças você já estrupo , olha tenha isso como uma segunda chance eu vou aliviar sua alma , eu preciso me alimentar e você precisa de uma mãozinha , vamos fazer uma troca de favores e olha eu nem contei pra moça que você estava beijando que você ia estrupar ela. Coitada tão jovem e pura.

Vibe derruba o home no chão e arasta pelos cabelo para o final do beco , um corvo vigiava a área enquanto isso parecia cena de terror. Alimentado pelo ódio que havia em seu coração a besta falou mais alto, e quando se deu conta havia matado sua fome com carne humana, tinha comido carne humana pela primeira vez , era muito bom era seu alimento e estava satisfeito. O corvo avisa que a policia estava chegando no local e assim desaparece pelas sombras deixando o corpo ali esquartejado no chão , não tinha se alimentado por completo mais tava ótimo já.

No dia seguinte estava voltando a fome , era preciso se alimentar mais dava pra aguentar numa boa e prefere descansa...

Agora na madrugada seguinte ele procura seu pais e encontra a casa aonde eles moravam , usando cinza dos mortos cremados faz escurecer toda a casa
naquele instante caminhou em direção aos seus pais, alimentado pelo ódio que havia em seu coração em relação aos seus perversos pais a besta falou mais alto outra vez , e quando se deu conta havia matado sua fome com com carne humana , carne das pessoas que um dia o criaram, mas já era tarde demais para se arrepender do que havia feito, pois os corpos de seus, agora falecidos pais, estavam caídos aos seus pés e por mais incrível e desumano que possa parecer ele não se importou com o que havia acontecido a eles.

Agora com 25 anos e vida eterna encontra com sua senhora o conduziu para junto de seus novos companheiros, ela o explicou tudo sobre a sociedade dos amaldiçoados, sobre caim, sobre o sabá e a camarilla, explicou também que já o estava observando há alguns anos..Com o passar do tempo Vibe adorava cada vez mais a idéia de ser um vampiro imortal , desejava comer a deliciosa carne humana que era seu novo alimento.

Tudo estava perfeito, se não fosse o fato de sua senhora, viver dando lhe ordens e sempre lhe dizendo o que fazer.

Então cansado dessa escravidão, se rebelou contra ela e seus ensinamentos. E então em uma noite distinta quando os dois estavam sozinhos aproveitou a oportunidade e cravou uma estaca no peito de sua senhora quando estava distraída, assim a imobilizando e então lhe disse o seguinte:
- Você deve estar se perguntando o, por que de tudo isso, é simples. já estou farto dessa escravidão, o fato de você ter, me presenteado com a imortalidade, não lhe da o direito de fazer de mim sua marionete! o que? não, eu não irei diablerizá-la, jamais faria algo assim com você! Pois graças a você hoje sou o que sou! Você me fez renascer de novo! você criou um novo Vibe mas como eu disse isso não lhe da direito algum sobre mim! Bom chega de conversa, eu irei embora agora e você não virá atrás de mim, pois se for, não exitarei de novo em lhe destruir, saiba que você me ensinou muito bem, mais do que realmente deveria ter ensinado, mas agora é tarde para se lamentar não é mesmo? Bom deixe me ir agora, o aviso já foi dado!

Logo depois fugiu e permaneceu escondido por algum tempo, tempo suficiente para se juntar a um grupo de vampiros de Lendas Urbanas conhecidos como Vampiros Independentes. Então se passaram vinte anos desde que se tornou um vampiro Nagaraja.


Eduardo Teixeira

Um comentário:

  1. Muito interessante a história, reflete bem a característica "horror pessoal" do vampiro: a máscara, só precisa melhorar a ortografia cara.

    ResponderExcluir