Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 22 de junho de 2012

CRONICA TCP






Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro

AUTOR: NewSquid Bonetto


Sexta Feira, 08 de Junho 01:30 da Manhã.

Estava eu lá no morro do Dende contando a mercadoria que tinha chegado a pouco tempo. Drogas de tudo o quanto é tipo, carregadão, sabendo que iria lucrar muito naquela mesma semana.
O morro estava sobre o meu poder, pois a patroa tinha ido a cidade resolver uns problemas dela.
Continuei na minha função, focado e feliz por saber e já imaginar todas aquelas verdinhas na mesa, trazendo armamento pesado para o 3# comando.
Ja estava imaginando o morro lotadão..o baile funk comendo solto e a gente lucrando cada vez mais.
Pego um baseado e começo a puxar, os soldados com os rádios sempre em comunicação, alertando qualquer coisa que poderia acontecer ali na quebrada.

O tempo foi passando e nada da patroa aparecer ou ligar.
Preocupado eu resolvi ir atrás dela, peguei o carro e fui , levei a minha FAL762 carregada e ja estava me preparando pro pior.
Andei em tudo quanto era canto da cidade, Fui ao banco,Depois passei no Casino, Delegacia e Hospital. Nada da Patroa!
Parei no Posto e enchi o tanque do carro..estava quase sem combustivel.
Sentia cheiro de merda ali mesmo, sabia que alguma coisa estava acontecendo, que não tava legal.
Peguei o rádio e liguei pros cara do morro..perguntando se tinha alguma novidade por lá. " Coe é cumpadi como é que tá o morro ? " (G.GERAL NO RADIO) " TÁ TUDO 3 ! "
" A patroa apareceu por ae ? " ( G.GERAL NO RADIO ) " Chegou ainda não chefe ".

Impaciente entrei no carro e sai a procura da patroa.
Chegando no morro do mandela, estacionei o carro e engatilhei a minha arma. Na cautela fui entrando ali e cada vez mais que eu entrava, eu escutava uma conversa, me aproximei e me escondi.Rapidamente olhei e vi que era a patroa do T.C.P sobre o comando do BOPE.
Algemaram ela e começaram a interroga-la.Ela estava machucada, havia levado um tiro nas pernas, estava toda ensanguentada.
Um dos oficiais estava questionando ela, enquanto o outro, estava de costas para mim...foi ai que eu reagi, levantei já metendo bala no bope.
Matei 1 deles rapidamente, os outros 2 se esconderam, a troca de tiro foi intensa. A patroa se escondeu no meio dos cachotes, ficou lá quietinha, enquanto eu estava ali trocando tiro com os canas. Sai correndo pelos becos da favela e consegui dispistar eles, 1 deles pegou o seu amigo ferido e colocou na viatura, foi ai que eu voltei a reagir, trocando tiro com o oficial que estava na negociação..consegui alvejar o mesmo, morreu ali em ação. Rapidamente fui atras do outro que ja estava saindo com a viatura, abri fogo e o filho da mãe acelerou forte e saiu vazado.
Peguei a patroa no colo e coloquei no carro.
Dali fomos para o morro, chegando lá avisei aos " olhos do morro " oque tinha acontecido. Eles ficaram ligados.
A patroa ficou lá mesmo sobre os cuidados de uma senhora que morava ali na comunidade, ela manjava com enfermaria e pá, deu os cuidados necessários para a patroa.

Mandei 1 dos meus soldados lá para a cidade, para ver o que estava acontecendo no hospital da cidade.
Chegando lá ele me passou o radio dizendo " Ae chefe, o BOPE tá aqui na porta, revistando e perguntando oque as pessoas querem aqui ". Eu respondi " Tá suave fióti..pode voltar pra goma"

Hoje a patroa se recupera bem, só na vida mansa e dando ordens ao comando.

Que fique bem claro ao BOPE ou a qualquer 1 que entra no caminho do TCP... Não haverá misericórdia.

FIM

Crônica - Ronda Ostensiva.

Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro



AUTOR: GaangsTeeer Resident


Crônica - Ronda Ostensiva.

Um jovem cujo o seu nome é: Gabriel Blajchman após sua entrada para a PM cerca de 4 horas da manhã o mesmo estava de plantão na delegacia ... Após sair para conhecer melhor a cidade por ser recem chegado recebe a informação de que havia duas cidades ... Uma abaixo e outra acima..

O mesmo se encontrava na cidade debaixo por ter descido para conhecer o local .. Após ele estar subindo de moto se depara com um elemento suspeito armado que o encara ... Ele passa direto .... Ao chegar na delegacia larga sua moto e pega a blazer da corporação ... Ao se dirigir ao local o mesmo sai do carro cuidadosamente e aborda o meliante que não se intimida muito.
Após o policial dar a ordem de que o mesmo retirasse sua arma ele recusa ... E ameaças vem e vão .. O meliante após ver o policial dar bobeira indo ao carro para convocar alguem da corporação o mesmo abre fogo contra o policial que se surpreende e toma um tiro na perna.
A troca de tiros é intensa mais o jovem não recua ... Após os dois estarem muito baliados o jovem segue atrás do meliante que se esconde atrás do banco e pega o policial por trás o derrubando ... Após isso o meliante vê que o policial era jovem e diz ao mesmo:

Está vida não é mole .. Você tem muito o que viver sei que vamos bater de frente mais vezes .. Pois dessa vez irei te salvar ...
Após as palavras o mesmo amarra uma corda no policial e sobe na aviatura ... Se dirige ao hospital ao ver que não tinha medicos da os socorros necessários ao policial que se mantém com vida ... O meliante apenas teve algumas balas de raspão e saiu em fuga para não ser visto.

Moral: Não importa que profissão atue nesta cidade. Pense sempre: Hoje este jovem policial podia ter morrido ... Quem sabe amanhã não poderia ser seu filho ?

FIM!

NOVO JOGO DE RPG: Tropa de Elite 2 RPG - O inimigo agora é outro


Um novo estilo de RPG que está atraindo muitos bons jogadores. Um RPG urbano baseado no filme "Tropa de Elite 2 - O inimigo agora é outro". Com regras e um sistema de RPG fantástico de se jogar com dados para as ações e junto um sistema de combate chamado Egos.























































margin-right:1em">