Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 6 de junho de 2010

A ERA DA LUZ E A ERA DA ESCURIDÃO - 06/04


A era da luz e a era da escuridao



“Naqueles dias os homens buscarão a morte, e de modo algum a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles. A aparência dos gafanhotos era semelhante à de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia como que umas coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens. Tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como os de leões”. Apocalipse 9, 6 a 8.



O planeta Terra. O único orbe habitável que se conhece. Ou pelo menos o único que nós conhecemos. Mas esta história não é sobre alienígenas. É sobre uma sociedade que vive secretamente e, sempre velada e perseguida: os vampiros independentes.

Muitos vivem bem perto de humanos, andando nas noites pela cidade, levando uma vida aparentemente normal. Alguns humanos convivem diretamente com vampiros, mas para vampiros independentes não é comum mais por ser independente pode se esperar de tudo. Mas é realmente difícil identificar um vampiro em meio a uma cidade. Eles são iguais a todos os humanos... Aparentemente. Não tenha medo? É pra temer? É pra correr? Vai ficar?

A menos que você estiver se escondendo em algum canto escuro do mundo, você não terá deixado de notar que o que ta surtando os vampiros em Lendas Urbanas é que o sol esta de volta na cidade. Mais sem muito a que temer pois a fome é algo que eles não vão conhecer tão cedo , os recursos estão bem garantido nessa proeza que são as bolsas de sangue. O PVC plastificado ou semi-rígido é usado na fabricação de bolsas de sangue.

O PVC tem alto índice de pureza e inocuidade à saúde humana, atoxicidade, resistência química, além de propriedades mecânicas excelentes. Outra vantagem é o fato de que todos os aditivos usados nos processos de produção final desses produtos estão em conformidade com a legislação de saúde nacional e internacional.

As bolsas de sangue são fabricadas a partir de filmes de PVC transparentes, que são obtidos através de um processo chamado de calandragem. As bolsas são montadas e soldadas a partir do filme pronto.

Os vampiros aproveitam a era da luz e se preparam para quando a escuridão voltar , pos nesse dia não vai ser eles que vão se esconder , o tempo é o maior inimigo desses mortos-vivos , mais a luta contra tempo não importa se for parar pra pensar eles tem a vida eterna.

Os vampiros independentes são uma família de vampiro , que esta sentido a volta do sol , sim uma família e todo aquele que for descendente deles terá o direito de sofrer das mesmas dores que sofrerem , chorar as mesmas lágrimas que choram , e sugar o mesmo sangue que sugam, e morrer nas mãos dos mesmos inimigos.

A escuridão tem que voltar...
Pra que essa historia continue...
Vampiros independentes...
Livres...
O tempo...
Não para...
A era da luz...
E a era da escuridão...






AUTOR: Eduardo Teixeira







.

Nenhum comentário:

Postar um comentário