Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 11 de junho de 2010

DE ESPIÃO PARA A MÁGIA



DE ESPIÃO PARA A MÁGIA


Jonh Timeless, americano,cresceu com sua familia. Aos 9 anos, por vontade do pai, começou a treinar Kung Fu numa academia de porte médio. Aos 22 conseguiu passar num teste para a policia. Devido a seu treinamento e sua dedicação acabou despertanto a atenção de olheiros da CIA. Aos 23 entrou para a agência após vários, e difíceis testes - por pouco não foi reprovado em alguns -, e começou a treinar para ser um agente de infiltração. Com o tempo e o treinamento, suas perícias para desarmar, derrubar e imobilizar oponentes se tornoaram muito boas. Aos 27 concluiu o treinamento e começou a atuar como operativo. Com o tempo as missões foram ficando mais difíceis, distantes e longas. Em setembro de 1999 estava numa missão ele viajou muiro... Muito... Chegou no paiz da Republica Tcheca.

Numa noite estavam entrando num dos antigos teatros da capital de Theca onde havia a supeita de uma reunião de alguns chefões da máfia russa, mas algo parecia não estar muito certo. Para um lugar onde aconteciam reuniões tão importantes era esperado um sistema de segurança bem arquitetado, seguranças bem armados em volta do prédio. Mas não, entrar despercebido naquele prédio foi fácil demais, pelo menos era o que ele pensava. Quando chegou ao lugar onde estava acontecendo a tal reunião, Jonh chegou à conclusão de que não tratava da máfia russa. Uns tipos bem estranhos e estravagantes. Ele não sabia, mas aquele foi o primeiro contato dele com o sobrenatural.

Não dava para saber do que eles falavam, então Jonh, como era chamado, resolveu se aproximar para tentar escutar a conversa, e caso fosse mesmo o que eles tinham ido buscar, daria o sinal para a base. Então depois de um tempo a conversa cessou. Então Jonh observa os vampiros se alimentado de humanos e gritando que havia intrusos, Jonh não pode fazer nada a tempo, ou seria descoberto e ele sabia que seriam morto. Só pensou em uma coisa que era sair dali o quanto antes. Então um dos vampiros, de fisionomia que parecia um mago, com um sabre na cintura e uma caixa com umas armas ao seu lado, olhou em direção a Jonh, mas não fez alarde. Apenas gravou seu rosto. E Jonh também gravou seu rosto.

Jonh estava apavorado pelo que viu no teatro, mas conseguiu sair sem despertar atenção. E foi direto ao hotel onde estavam hospedados. Mas não notou seu perseguidor: o vampiro mago. Quando chegou no quarto, Jonh apenas sentou no chão, seu rosto petrificado de medo. Resmungava entre os lábios "Meu Deus..."
Assim Jonh é abraçado. Agora é um vampiro.

Volta para sua cidade. Depois disso Jonh passo a aprender sobre as artes mágicas Tremeres. Ele foi um aprendiz formidável. Ele também fez um código de honra pessoal para si mesmo por que não tinha tempo para bobagens como se preocupar com a perda da sua humanidade... Assim sendo ele nunca bebe do sangue de: Crianças com 10 anos ou menos, Deficientes e Mulheres grávidas... Ele também se força a não beber do sangue de Mendigos e Drogados por que não gosta do sangue dessa gente.

De qualquer maneira Jonh se tornou um verdadeiro fanático pelo seu clã. Ele ficou admirado com a organização e historia do clã Tremere e de como seus membros eram poderosos e sábios... Mais não aceita ser preso por nada e como os tremeres ameaçaram ele de que se ele tentasse escapar ele ia ser destruido, Jonh explodi a capela com todos dentro e escapa e hoje em dia se encontra LIVRE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário