Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 13 de junho de 2010

CYBER - O INÍCIO




Cyber - O início

O ano é 2012, líderes mundiais iniciam uma Guerra Nuclear que devastará países e continentes e deixará o mundo em ruínas. Todas as maiores forças mundiais se enfrentando em busca de poder, inventam e diferem as mais poderosas armas químicas sem pensar no que isso causaria. A humanidade sofreria as mais severas conseqüências pelos seus atos, a natureza começa a reagir após tantas agressões a seu ecossistema. As mutações nos seres humanos começaram a acontecer, alguns desenvolvendo poderes paranormais, outros verdadeiras aberrações que sobreviviam como podiam.

No ano de 2055, o mundo se ambientava com sua nova realidade, e pequenas cidades foram formadas dotadas de imensa tecnologia.
Gnose - uma das cidades formadas após esta devastação, se populava e logo a sociedade começa a repudiar estas criaturas que sofreram mutações, alguns por não saberem como tratar, outros com medo de contaminação. Com a rejeição estas criaturas começaram a se esconder no submundo, vagando como selvagens em abrigos,porões, esgotos, longe dos olhos daqueles que se intitulavam normais.

Com intuito de estudar as mutações do efeito de radiação, o Governo chama Jaron Lanier um cientista possuidor de imenso conhecimento das área cibernética e ciências sobrenaturais para chefiar a equipe dentro do laboratório Militar num super projeto secreto, lá ele monta seu laboratório repleto de tudo que há de moderno e inovador. Assim ele começa a fazer testes nas criaturas tentando conter as mutações, colocando implantes diversos.

A convivência de Jaron com os seres afetados a cada dia passa a ser mais intensa, aos poucos ele vai descobrindo que eles não são aberrações que devem ser evitados e discriminadas pela sociedade, apenas seres Humanos que por infelicidade do destino ficarão marcadas pelo resto de suas vidas. Estes por sua vez cada vez mais são dominados pelo ódio e a intolerância face a tamanho repudio e discriminação da sociedade.

Jaron passa a encabeçar movimentos na mídia da cidade para que os mutantes sejam novamente reintegrados a sociedade. Tudo isso em vão, ele é severamente punido e ameaçado de ser tirado do cargo, eis então que ele descobre que a nobre intenção do Governo em estudar as mutações e conter a radiação sempre esteve mascarada, pois seu objetivo maior é extirpar estes seres do planeta.

Entre outras histórias Jaron fica sabendo sobre um tal "pergaminho" que contem o poder supremo. Que reza a lenda pode estar perdido em qualquer parte da cidade. Essa informação lhe parecia muito valiosa para ser usada no momento oportuno.

Ao saber da verdadeira intenção dos testes Jaron fica inconformado e muito preocupado com o futuro daqueles aos quais ele já se afeiçoava. Secretamente ele constrói no fundo do laboratório um abrigo para aqueles seres como forma de ampará-los.

Uma madrugada em seu laboratório Jaron no auge da exaustão acidentalmente se contamina com a radiação, imediatamente realizando testes em seu sangue e constata enormes mutações em seu DNA, diferentes daquelas que até então ele havia visto em suas experiências. Ele então toma uma decisão que apartir dali selaria seu destino bem como o dos afetados.

Ele se auto ejeta uma nova substancia desenvolvida recentemente por ele, que poderia levá-lo a morte em caso de erro, segundos depois tudo fica escuro e ele apaga ali mesmo. É achado por um de seus pupilos e arrastado para o abrigo. Horas depois ele volta a si e percebe que teve sucesso em sua investida. Aparentemente nada mudou em sua aparência, mas ele não se sente o mesmo.

Agora mais do que nunca, ele percebe que a situação não só dos afetado, com dele próprio deveria mudar em Gnose. Algo efetivamente precisaria ser feito antes que todos fossem descobertos e exterminados.

Jaron lembra entao da história que ouvira sobre o pergaminho do poder e se sentindo confrontado com decisões entre a vida e a morte, ele convoca a todos para a tomada do poder. Nomeia então o grupo como Cybers, mutantes superdesenvolvidos com componentes biocibernéticos.

Jaron e os cybers, se infiltram em Gnose em busca do pergaminho perdido o qual lhes dará poder suficiente para cumprir com o objetivo de vingarem de toda rejeição sofrida pela sociedade e pelo governo, assim iniciando sua batalha rumo a uma nova era.

Jaron termina deixando uma frase no ar “ – Faremos o que tiver que ser feito para sobreviver”.

E assim começa a saga dos Cybers.




CRONICA ENVIADA POR: Lampard Canucci

OBRIGADO MANO!

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário