Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

BG/ Background - VAMPIROS CAMARILLAS: Ma Rajal



Nome: Ma rajal
-Idade: 21
-Família :em óbito
-Raça: Vampiros Camarillas
-Clã: Brujah
-Idade Aproximada:105 anos
-Idade Aparente: 21 anos
-Sexo: Feminino
-Tipo físico:traços indigenas, cicatriz na coxa esquerda

-Traço de comportamento: normalmente calma, imprevisivel quando sob pressão
-Qualidade : escuta e vê de longa distancia , nunca desiste de seus objetivos, fiel aos que ama e considera
-Defeitos: vingativa, não possue reflexo,
-Objetivo: proteger aos seus
-Habilidades: Alto poder de sedução, controle sobre animais daninhos e noturnos, controle mental (telepatia, atração, sonhos)
-Fraquezas: luz do sol, estacas de ferro ou d madeira, solo sagrado, simbolo religioso e fogo.



Histórico do personagem :

1905 -Uma pequena tribo indígena comemora o nascimento de uma garotinha de olhar curioso e inquieto, ao ve-la seu pai logo exclamou "Sami" (olhar curioso) esse sera seu nome. A tribo encontrava-se em um momento muito difícil, beirando o fim. Doenças, invasões, queimadas, entre outros, significava um futuro duvidoso.
Passaram-se tres anos de grandes batalhas pela sobrevivência ate que numa tarde sombria, um ataque inesperado disseminou quase que por completo os índios naquele local, restando apenas 3 crianças que foram escondidas por seus pais antes de morrer, entre elas a pequena Sami. Por dias perdidas na mata a procura de alimento e abrigo, uma das crianças morreu, depois a outra e quando a pequena Sami ja estava sem forças a ponto de entregar-se como que por um milagre ouve vozes e logo diante de si aparece algumas pessoas que exploravam o local, entre eles havia um casal sem filhos que logo se afeiçoou a indiazinha.
A indiazinha foi levada e adotada pela família, mudaram seu nome para Ma e ganhou o sobrenome da família Rajal, tornou-se uma bela moça, educada, instruída, tranqüila. Sua vida era muito boa ate que certo dia sua casa é invadida durante a madrugada, cinco pessoas encapuzadas fazem a família refém, amarram a todos e torturam o pai adotivo até a morte diante dos olhos da família. Uma furia inexplicável toma conta de Ma que consegue se desamarrar e sem a menor noção do perigo parte pra cima dos invasores. É rendida e ferida com um punhal na coxa esquerda, o punhal é deixado e esta o guarda, pois em sua mente mais tarde o usaria.
Alguns meses depois sua mãe vem a falecer de tristeza pela morte do marido.
Agora sem nada mais a perder, Ma rajal parte em busca daqueles que mataram seu pai adotivo, logo descobre que fazem parte de uma facção criminosa, sem medir as conseqüências traça emboscadas nada elaboradas, mas por sorte consegue matar 2 dos assassinos. Dias mais tarde, depara-se inesperadamente com o terceiro assassino, sem pensar duas vezes puxa o punhal e o golpeia por algumas vezes, este ainda encontra forças para ataca-la ferindo-a ate que Ma rajal o golpeia fatalmente. A dor dos ferimentos em Ma rajal era tão fortes que esta caiu sangrando sem forças quando derrepente uma neblina densa toma conta da cidade, em meio a estranha neblina surge Lundrowich, um brujah que aterrorizava a cidade, atraído e enlouquecido pelo cheiro que o sangue exalava, este crava seus caninos na bela moça que desmaia e ele some em meio a neblina. Horas mais tarde desperta, olha ao redor, percebe que esta num castelo, vê diante de si a figura de um homem de aparência magnífica (Felipe Clarity) que lhe havia socorrido. Felipe, um ventrue absolutamente encantador, com seu poder de sedução desperta uma paixão incrível em Ma rajal, ensina algumas particularidades sobre os vampiros e convence-a a ficar em Mw. Firmam pacto e assim começa uma nova etapa onde um mundo ainda bastante desconhecido começa a se abrir diante de si.





AUTORA:Marta junqueira
Nome do personagem: Ma rajal



AGRADEÇO A MINHA AMIGA POR TER COMPARTILHADO SEU BG COM OS RPGistas DO BRASIL INTEIRO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário