Páginas

ATENÇÃO

- Blog: Cronicas e Contos de RPG - Eduardo Teixeira (textos protegidos, sua reprodução é proibida sem a autorização prévia do autor).

SOBRE A LEITURA: VAMOS LER, POIS LER É APRENDER.


A importância da leitura vem a cada dia ganhando força em seus diversos segmentos, pois é um dos requisitos básicos na aprendizagem do indivíduo. O ato de ler é muito importante, pois a leitura vem aos poucos contribuir para a formação de leitores capazes de reconhecer as sutilezas, as particularidades, os sentidos a extensão e a profundidade de cada texto lido.

Quem lê muito escreve bem

Não há como negar que ler contribui para a desenvoltura na escrita, pois vamos incorporando bons modelos de estruturação das ideias, ampliando repertórios, conhecendo novas palavras. Porém, é comum encontrarmos pessoas que leem muito, mas encontram dificuldades para escrever. Pode ser que isso ocorra pela qualidade da leitura. A leitura para a apreensão de conteúdos é básica; no entanto, se também prestarmos atenção na forma como os textos são compostos, podemos usufruir de todo o conhecimento a respeito da linguagem que uma leitura efetiva pode proporcionar e, assim, vamos nos tornando capazes de compor bons textos.

Vale a dica: Estar atento aos modos particulares de escrever dos diferentes autores, em especial daqueles que apreciamos, pode ser um prazer a mais na leitura. Pensar em como você próprio escreveria sobre o tema (e aventurar-se a escrever!), valendo-se do conhecimento dessas inúmeras possibilidades, ajuda-o no aperfeiçoamento de sua própria escrita.
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 5 de setembro de 2010

BG/ Background - Stifler Starsider



Nome: Stifler Starsider

Idade: 70 anos

Clã: Nagajara

Atributos Físicos: Alto, magro, corpo definido e cabelos curtos.

Atributos Espirituais: Quando humano acreditava muito em Deus, porém em seu novo estado tem uma crença muito forte em Euthanatos.

Atributos Sociais: Geralmente solitário, poucos amigos, mais os que tem defende com unhas e dentes.

Habilidades: Ótimo lutador , usar cinza de mortos cremados para deixar o ambiente escuro , mexer com espíritos e controlá-los, boa mira, voar, escultar de longa distancia.

Virtudes: Nunca desistir de seus objetivos.

Defeitos: Arrogante e Atentado.

Qualidades: Educado e Estrategista.

Fobia (medo): Luz do Sol.

Fraqueza: Devem comer carne de humano crua. Os cadáveres devem estar frescos, mas os Nagaraja desenvolveram os rituais necessários para preservarem os corpos por semanas ou até mais tempo. Se durante uma noite eles não comerem carne fresca de humano (seja de uma fonte viva ou morta), eles perdem sua força envolvendo seus Atributos Físicos. Quanto mais fome sentir mais fraco ficara , sentir fome não é nada bom. Basta comer carne e tudo volta ao normal , carne é seu alimento. O corpo de um humano normal vai durar de barriga cheia por muito tempo bem que é dificil conseguir comer tanto e não é necessário comer o corpo inteiro basta um(ns) pedaço(s).

Inimigos de outras raças: Todos que se imporem contra o seu clã.

Objetivo: Buscar vingança de seus familiares.

Equipamentos: Magnum 357, balas de prata, adaga de prata, cigarros, isqueiro.


Nasceu em 1940, numa vila pequena com poucos habitantes que viviam principalmente da agricultura familiar, onde viveu com seus pais e irmãos até aproximadamente seus 15 anos de idade, trabalhando nas lavouras da família de onde tiravam o sustento. Aos finais de semanas costumavam se divertir nadando nos riachos ou caçando nas florestas próximas dali, junto com seus irmãos.
Certo dia, a vila que era tranquila foi invadida por capatazes dos fazendeiros das proximidades, assassinando seus pais e alguns familiares, assim como grande parte dos vizinhos quando a tudo foi destruido, os sobreviventes foram feitos de escravos e submetidos a trabalhos forçados. Stifler viveu 2 anos de pura desolação, um misto de angustia e tristeza pela perca de seus pais, com uma ira imensa e desejo de vingança.
Aos 17 anos teve a grande oportunidade de escapar daquele lugar nojento, quando por um momento o capataz descuidou e deixou a porta do galpão onde ficavam destrancada. Observando a cena chamou seus irmãos, os que ainda restaram, porém nenhum deles teve a mesma audácia e anseio por liberdade. Sendo assim saiu dali mais triste ainda por ter que abandonar seus semelhantes. Mas um desejo o corroia a cada segundo de sua existência, o da vingança.
Com o passar do tempo, instalou-se em uma metrópole chamada Lendas Urbanas, ali arrumou um emprego não muito satisfatório no necrotério da cidade, mais era suficiente para bancar a sua vida de solteiro. Não tinha muitos amigos devido ao grande rancor que carregava em seu coração, mais gostava muito de andar sem rumo pela noite para pensar em tudo aquilo que se passara até ali.
Em uma noite nublada, Stifler sentia alguém perseguindo ele, era estranho porque não via ninguém até o momento em que suas pernas pararam de se mexer mesmo contra sua própria vontade, sente uma mão pegando nos seus cabelos, o derrubando e arrastado para um local mais escuro ainda, sem qualquer chance de escapar, o homem ia conversando com ele " Sinto raiva em você, um ódio muito grande, me deixa saborear seu corpo e te dou uma segunda chance para sobreviver, sua alma será colocada em um novo corpo que surgirá na terra... Gosto de ódio, de raiva e de pecados... É... São meus pratos favoritos" ainda arrastava ele até chegar num local muito sombrio que era retirado de tudo, de repente um corvo pousa no ombro do homem, voando em seguida, parecia uma cena de terror. Sentia um grande medo, que seu fim estava próximo e ao mesmo tempo um sentimento de vingança, era algo nunca sentido por ele antes, parecia que teria a chance de renascer, porém mais forte dessa vez.
O homem joga uma moeda no ar e pega ela de volta na mão, de repente se agacha e morde o pescoço de Stifler que estava paralisado. Stifler sentia um estranho prazer, no momento em que ele crava os caninos em seu pescoço, era algo inexplicável, algo novo pra ele, após passar 20 minutos ele acorda e o homem manda ele se levantar.
Agora Stifler podia ver tudo mais claramente, olhou ao seu redor e todo aquele medo que sentia simplesmente havia sumido, restando apenas o que havia de pior nele. O homem o olha, tocando o no ombro e diz "Agora você está realmente livre, você é um de nós, um vampiro. Ouvindo aquilo sentiu uma estranha felicidade, sentiu que finalmente conseguiria atingir seus objetivos.
Como gostava de sentir-se livre, decidiu juntar-se aos vampiros independentes, fazendo daquele clã, sua nova família.







MAIS UM BG SHOW DE UM AMIGO!

Esse é o BG do Fernando, muito show!!! É isso ai parceiro.

Nome do personagem: Stifler Starsider

Nenhum comentário:

Postar um comentário